Cigano faz previsão para duelo contra Ngannou: ‘Deve acabar no primeiro round’

Brasileiro admite ter noção da força de seu oponente deste sábado, no UFC Minneapolis, mas afirma ter estudado para derrotar o francês-camaronês

J. Cigano acredita em luta rápida no UFC Minneapolis. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

O duelo entre os pesados (até 120kg.) Júnior Cigano e Francis Ngannou tem gerado muita expectativa no mundo do MMA. O evento marcará o encontro de dois atletas famosos por seu poder de nocaute e a agressividade com que enfrentam seus oponentes. O brasileiro tem a noção disso e afirmou que o combate deve acabar no primeiro round. A declaração foi dada em entrevista recente ao ‘MMA Fighting’.

Veja Também

Vídeo: Assista à pesagem do UFC Minneapolis com Júnior Cigano x Francis Ngannou. AO VIVO!
Após derrota para ‘Zumbi Coreano’, Moicano despenca no ranking penas
Jon Jones quer treinar Robert Whittaker para luta contra Israel Adesanya

“Acho que a luta tem tudo para acabar no primeiro round. Eu me movimento muito bem. Me movimento muito, mas sempre atacando. Sendo agressivo. Ele pode ficar preparado para dançar. Vou me movimentar como Muhammad Ali”, declarou Cigano, se comparando a um dos maiores boxeadores de todos os tempos.

Confiante em sua estratégia e talento, o brasileiro, no entanto, trata de elogiar seu adversário deste sábado. Para Júnior, Francis é o atleta mais perigoso do MMA. O catarinense tem a plena noção da força que o francês-camaronês carrega nos punhos, mas se diz preparado para um dos maiores desafios de sua carreira.

“Ngannou é um cara muito forte. Tem mãos pesadas. Eu acho que não é exagero dizer que ele é a pessoa mais perigosa no MMA hoje. Um golpe que entra, mesmo que de raspão, vai te nocautear. Ele é perigoso e eu estou me preparando para isso. Eu sei do potencial dele, dos perigos que ele oferece na luta, mas esse é o tipo de desafio que me empolga”, disse Júnior.

Mesmo com a noção do poder de Francis, Cigano afirma que está acostumado a enfrentar atletas de alto nível. O lutador, porém, ressaltou que vem de batalhas contra ótimos combatentes e que derrotou todos.

“Eu sempre quero enfrentar o melhor. Eu enfrentei três caras difíceis nos meus três últimos compromissos. Caras que vinham de vitórias. Mas fui lá e derrotei todos. Isso é o que vou fazer no sábado”, finalizou o brasileiro.

Programa de lutas do UFC Minneapolis

CARD PRINCIPAL (22h, horário de Brasília):
Peso pesado: Francis Ngannou x Junior Cigano
Peso mosca: Jussier Formiga x Joseph Benavidez
Peso meio-médio: Demian Maia x Anthony Rocco Martin
Peso leve: Roosevelt Roberts x Vinc Pichel
Peso leve: Drew Dober x Marco Polo Reyes
Peso meio-pesado: Alonzo Menifield x Paul Craig
CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília):
Peso galo: Ricardo Carcacinha x Journey Newson
Peso meio-pesado: Eryk Anders x Vinicius Mamute
Peso pena: Jordan Griffin x Vince Murdock
Peso leve: Jared Gordon x Dan Moret
Peso meio-pesado: Dalcha Lungiambula x Dequan Townsend
Peso palha: Emily Whitmire x Amanda Ribas
Peso pesado: Maurice Greene x Junior Albini

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário