Quarta no ranking das moscas, Jennifer Maia enfrenta Katlyn Chookagian em novembro

Brasileira encara norte-americana em confronto direto entre possíveis desafiantes ao título de Shevchenko no UFC 244, em Nova York

K. Maia (dir.) encara K. Chookagian (esq.) no UFC 244. Foto: Reprodução/Instagram @jennimaiaufc

A curitibana Jennifer Maia terá a chance de se aproximar da sua sonhada luta pelo cinturão das moscas (até 56,7kg.). Atualmente na quarta posição no ranking da categoria, a brasileira irá encarar a norte-americana Katlun Chookagian, segunda na divisão, em combate válido pelo UFC 244, no dia 2 de novembro, em Nova York. A informação foi divulgada pelo ‘Newsday Sports’. Esta será a terceira luta de Maia desde que estreou no Ultimate.

Veja Também

Vindo de derrota, Minotouro enfrenta Trevor Smith no UFC São Paulo, em novembro, diz site
Borrachinha faz previsão para duelo contra Romero: ‘Vou nocauteá-lo no primeiro round’
Luan Miau provoca rival do BRAVE 25 com montagem ‘sangrenta’

Jennifer realizou seu primeiro embate pelo UFC pouco mais de um ano atrás. A atleta foi contratada junto ao Invicta FC, onde foi campeã das moscas. Logo em sua estreia, a atleta foi escalada para encarar a experiente Liz Carmouche, que recentemente competiu contra Valentina pelo cinturão. Contra Liz, Jennifer não conseguiu impor seu jogo e acabou derrotada na decisão unânime dos juízes.

A curitibana, no entanto, teve duas chances de se recuperar. Após seu revés, foi escalada para atuar mais duas vezes. A brasileira triunfou nas duas e, na última, ocorrida em julho desse ano, derrotou a experiente Roxanne Modafferi na decisão dos juízes.

Sua adversária do UFC 244, Chookagian também vem de vitória dentro da organização. Segunda no ranking e atrás apenas de Jessica Eye, que recentemente sofreu um nocaute brutal da campeã, a lutadora tem chances de se garantir como próxima adversária da quirguistanesa, caso consiga levar a melhor contra Jennifer. Seu último compromisso aconteceu em junho deste ano, quando venceu Joanne Calderwood na decisão unânime dos juízes.

No total, Jennifer, de 30 anos atuou por 22 vezes, vencendo 17 e perdendo cinco confrontos. A atleta é representante da ‘Chute Box’, lendária academia formadora de nomes do esporte como Wanderlei e Anderson Silva e Maurício Shogun.

Katlyn, também de 30, realizou 14 embates, vencendo 12 e perdendo dois.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário