Dana White cogita ideia de José enfrentar Cejudo: ‘Gosto de Aldo em qualquer divisão’

Presidente do UFC se manifesta sobre decisão de brasileiro em descer para a categoria dos galos, mas mantém cautela

D. White em entrevista. Foto: Reprodução/YouTube UFC

O presidente do UFC, Dana White, comentou sobre a possível ida do ex-campeão dos penas (até 65,7kg.), José Aldo, para a divisão dos galos (até 61,2kg.). Segundo o mandatário, o lutador tem habilidade para atuar em qualquer divisão e a opção por atuar na categoria de baixo pode ser uma boa para o manauara. Em entrevista ao ‘Combate’, o ‘chefão’ falou sobre o assunto.

Veja Também

Amanda Nunes volta defender o título das galos em dezembro, diz site
Em recuperação, Marreta traça objetivo para retorno: ‘Meu foco principal é o cinturão e não Jon Jones’
Campeão de novo, Miocic disse que não se incomoda por ser considerado azarão: ‘Estou acostumado’

“(José) Aldo me mandou uma mensagem, e eu disse que não sabia, e que iria ver. Nós não sabemos o que vamos fazer com essas divisões ainda. Assim que nós definirmos, iremos informar para ele. Eu gosto do José Aldo em qualquer divisão”, afirmou o presidente.

O brasileiro, que recentemente renovou seu contrato com a empresa, após levantar rumores que se aposentaria depois de seu último compromisso no UFC 235, no Rio de Janeiro, quando dividiu o octógono com o australiano Alexander Volkanovski e saiu derrotado na decisão unânime dos juízes.

Antes do confronto contra Alexander, Aldo figurava na primeira posição no ranking da divisão, que hoje é dominada por um de seus algozes, Max Holloway, para quem o manauara perdeu o cinturão em embate que representou a luta principal do UFC 212, em junho de 2017. Após o revés, o brasileiro teve uma oportunidade de recuperar a cinta seis meses depois, mas acabou perdendo novamente para o norte-americano por nocaute, no UFC 218.

Com duas derrotas consecutivas para o atual detentor do título, Aldo, mesmo permanecendo como número um da categoria, se afastou de uma nova chance de poder recuperar seu posto. O brasileiro, então, realizou três outras lutas, vencendo duas e saindo derrotado na última, contra Volkanovski.

Diante da concorrência nos penas, ‘Campeão do Povo’, então, na última semana, declarou seu desejo de migrar para a categoria dos galos e, de cara, desafiou o atual campeão, Henry Cejudo, que também detém o cinturão dos moscas (até 56,7kg.).

Segundo o manauara, assim que tomou a decisão, junto à sua equipe, o atleta enviou a mensagem ao presidente relatando seu desejo.

Aldo, porém, tem o histórico de sofrer em relação ao corte de peso em sua antiga divisão. A preparação para lutar na categoria mais leves pode ser outro fator dificultador para a vida do atleta, caso seja confirmada a opção de realmente atuar pelos galos.

José é considerado, por muitos, o maior peso pena de todos os tempos. Durante seu reinado, o brasileiro chegou a defender o título em seis oportunidades. Sua melhor fase dentro da companhia foi entre até 2015, quando foi derrotado no fatídico confronto contra o irlandês Conor McGregor.

Aos 32 anos, Aldo possui 33 lutas profissionais nas artes marciais mistas. Ao todo, o atleta soma 28 triunfos e cinco reveses.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário