Caso vença neste sábado, Jéssica Andrade quer enfrentar Shevchenko: ‘Quero me testar’

Campeã das palhas quer enfrentar dona do cinturão das moscas e afirma que luta poderia ocorrer no fim do ano ou início de 2020

J. Andrade recebe cinturão do UFC. Foto: Reprodução/Facebook Ufc

A paranaense Jéssica Andrade está próxima de realizar sua primeira defesa de cinturão dentro do UFC. Com luta neste sábado (31), pelo UFC Shenzhen, a atleta já mira seu próximo objetivo, caso saia vencedora no final de semana. A brasileira quer desafiar a campeã das moscas (até 56,7kg.), Valentina Shevchenko para uma super luta. O anúncio foi feito em entrevista recente ao ‘BJPenn.com’.

Veja Também

Antônio Pezão e Gabriel Napão se enfrentam em evento de boxe sem luvas, em outubro
Vídeo: BJ Penn sofre nocaute em briga de bar no Havaí
Em alta no UFC, Justin Gaethje volta a falar em luta contra McGregor: ‘Depois de Cerrone, vai ser ele’

“Depois que eu vencer sábado, vou pedir para enfrentar Valentina (Shevchenko). Eu acho que Shevchenko é uma das melhores garotas em todas as divisões. Ela encarou Joanna Jedrzejczyk e Amanda (Nunes). Eu acredito que seria um grande teste. Então, isso é o que eu quero. Tomara que seja no fim do ano ou no início do próximo (2020).

A brasileira foi questionada, também, sobre a motivação em desafiar a quirguistanesa. Jéssica, que é sempre respeitosa com suas oponentes, não fugiu da humildade em falar de Valentina. Porém, garantiu acreditar que pode superar a campeã das moscas.

“Eu quero me testar. Valentina é uma das melhores, então seria um grande desafio para mim. Se eu não for capaz de bater Shevchenko, eu poderei, ao menos, dizer que eu tentei e dei meu melhor”, declarou Bate-Estaca.

Antes de desafiar ‘A Bala’, no entanto, Andrade tem um duro compromisso neste final de semana. Após conquistar seu cinturão no Rio de Janeiro, depois de bater a norte-americana Rose Namajunas, na luta principal do UFC 237, a brasileira aceitou o desafio de viajar ao país de sua próxima adversária e realizar sua primeira defesa de título na China.

A paranaense irá enfrentar a chinesa Weili Zhang, que não perde um combate desde novembro de 2013. Desde então, Zhang realizou 18 combates e não sabe o sabor da derrota. O encontro entre as duas marcará a luta principal do UFC Shenzhen.

Jéssica, de 27 anos, não perde desde o encontro com Joanna Jedrzejczyk, em 2017, quando tentou pela primeira vez ser campeã de sua categoria.  Após o episódio, a brasileira emplacou quatro vitórias seguidas.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments