Justin Gaethje ultrapassa Cerrone no ranking dos leves e se aproxima de Khabib

Após bater Cowboy no UFC Vancouver, norte-americano encosta ainda mais no pelotão da frente de sua divisão e aguarda chance pelo título

J. Gaethje em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Pouco a pouco, Justin Gaethje vem se tornando um nome a ser respeitado em meio à complexa divisão dos leves (até 70,3kg.). Após uma ótima performance no último final de semana, quando bateu Donald Cerrone por nocaute na luta principal do UFC Vancouver, o norte-americano saltou uma posição e assumiu o posto de número quatro, que antes pertencia ao Cowboy. A atualização foi divulgada nesta quarta-feira no site oficial do UFC.

Veja Também

Conor publica imagem de nocaute sobre Poirier, que responde: ‘Marque a revanche, valentão’
Jacaré revela que pensou em se aposentar e enfrentou problemas psicológicos nos últimos meses
Donald Cerrone recebe três meses de suspensão médica após UFC Vancouver

Não é segredo para ninguém que o principal foco de Justin, no momento, é conseguir uma oportunidade de disputar o título dos leves, que hoje pertence a Khabib Nurmagomedov. Após sua atuação no último final de semana, em coletiva depois do evento, o atleta afirmou reconhecer que o momento é de Tony Ferguson lutar pela cinta, mas mostra interesse em ser o próximo a encarar o vencedor do tão aguardado combate.

Ainda no octógono, Gaethje também fez questão de provocar Conor McGregor. Ao ser questionado por Daniel Cormier, entrevistador do UFC Vancouver, se existia a possibilidade de encarar o irlandês, o norte-americano foi preciso ao dizer que o ‘Notório’ está aposentado, e que quer enfrentar Khabib ou Ferguson.

As palavras disparadas em referência a McGregor ironizam o fato de o irlandês não se manter ativo dentro do MMA. A última vez em que Conor subir ao octógono aconteceu em outubro do ano passado, quando foi derrotado por Nurmagomedov em duelo válido pelo cinturão dos leves. Antes disso, o ‘Notório’ havia realizado um confronto oficial em 2016, quando se tornou campeão da divisão em cima de Eddie Alvarez, se tornando mais um atleta a ostentar dois títulos em categorias diferentes.

O UFC Vancouver também serviu para elevar as posições de Uriah Hall, que saiu vitorioso do confronto contra Antônio Cara de Sapato, na segunda luta do card principal. Hall subiu para 11º, enquanto o brasileiro permaneceu parado na 13ª colocação.

Augusto Sakai também tem motivos para sorrir após sua luta deste sábado. O brasileiro, que bateu Marcin Tybura na última luta do card preliminar adentrou de vez na categoria dos pesados. O atleta, que antes figurava na porta do top 15, agora, está em 12ª posição e pode dar continuidade ao sonho de ir para a elite da categoria.

Glover Teixeira, que também saiu vitorioso no evento permaneceu na nona posição.

Veja o ranking dos leves atualizado

Ranking dos leves atualizado. Foto: Reprodução/UFC

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário