Número um dos moscas, Benavidez pede que Cejudo defenda título: ‘Lute ou abandone o cinturão’

Joseph pede que ‘Triplo C’ pare de desafiar nomes de outras categoria e o enfrente para que a divisão se desenrole

J. Benavidez em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @joejitsu

O peso mosca (até 56,7kg.) Joseph Benavidez deveria estar próximo de mais uma disputa de cinturão na carreira não fosse o atual dono do cinturão da categoria um dos nomes mais comentados do Ultimate atualmente. Dono de dois títulos em duas divisões diferentes, Henry Cejudo, que também ostenta a cinta dos galos (até 61,2kg.) vem se mostrando um grande estrategista na maneira com que está lidando com seus reinados. Notando os muitos desafios lançados por Cejudo, Benavidez exigiu que o atleta defenda seu título dos moscas ou abdique dele. A declaração foi feita em entrevista recente ao ‘MMA Fighting’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Cejudo está lá, sendo estranho. Eu, na verdade, comentei uma de suas publicações outro dia. Nada de loucuras. Eu apenas disse: ‘Pare de perguntar quem será seu próximo oponente em seus vídeos diários. Você sabe que sou eu. Já te disseram que sou eu”, comentou o lutador.

Para Joseph, chegará um momento em que Cejudo terá de fazer uma decisão. Ele terá que escolher qual cinturão irá ficar, pois, para ostentar dois títulos, o atleta deve se manter ativo durante o ano todo, para não estagnar uma divisão.

PUBLICIDADE:

“Não acho que ele queira desistir de um cinturão ou da chance de vingar uma derrota, mas agora ele está trabalhando em uma linha do tempo. Quando é que ele vai ser saudável? Quando ele pode falar sobre sua defesa?”, comentou o lutador.

O campeão, que hoje se recupera de uma cirurgia no ombro, procedimento realizado após o duelo do norte-americano contra Marlon Moraes no combate válido pelo título dos galos, tem previsão de retorno apenas para 2020. O lutador, no entanto, tem realizados desafios a atletas que atuam na categoria dos galos, sem dar muita atenção para a divisão dos moscas.

PUBLICIDADE:

“Nós todos sabemos como é: ou luta, ou abre mão do título”, afirmou Benavidez.

PUBLICIDADE:

Joseph e Cejudo já dividiram o octógono no passado. Na ocasião, em duelo que representou a luta co-principal da final do TUF (The Ultimate Fighter) 24, em 2016, Benavidez acabou levando a melhor sobre o compatriota na decisão dividida dos juízes. Um novo encontro entre ambos, valeria, além do cinturão, um acerto de contas entre os norte-americanos.

Joseph, de 35 anos, conquistou o direito de encarar Henry após bater o brasileiro Jussier Formiga em junho deste ano. Os atletas duelaram sob a afirmativa por conta da diretoria do Ultimate que o vencedor iria lutar pela cinta.

 

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano



Comentários

Deixe um comentário