Henry Cejudo volta a provocar Aldo: ‘Quero a cabeça do José’

Norte-americano volta a cogitar luta contra brasileiro, mas questiona se manauara consegue bater o limite do peso galo

H. Cejudo

H. Cejudo com seus cinturões. Foto: Reprodução/Instagram @hemry_cejudo

O ‘Triplo Campeão’, como gosta de ser chamado Henry Cejudo, vem nadando de braçada na fama acumulada após suas últimas performances e conquistas no Ultimate. Dono de dois cinturões (moscas e galos), o combatente vem afirmando publicamente o desejo de enfrentar lendas do esporte, entre elas, José Aldo, ex-campeão dos penas (até 65,7kg.). Em entrevista ao ‘Combate’, Cejudo provocou o brasileiro e questionou a capacidade do manauara em conseguir chegar a 61,2kg, limite dos galos.

Saiba mais

Gabriel Napão aplica duro nocaute em Pezão em evento de boxe sem luvas
Dana promete conversa com Weidman após nova derrota: ‘Ou volta para os médios ou se aposenta’
Greg Hardy tem vitória no UFC Boston anulada por bombinha de asma e reclama: ‘Usei para respirar’

“Você precisa acordar. Você não consegue chegar aos 61kg. Tenho um recado para você, José Aldo. Se você quer meu cinturão, eu quero que você fale que você quer. A gente está pronto. A gente vai ter um novo rei. Quero a cabeça de José”, disparou o norte-americano.

Cejudo, no entanto, se encontra em uma situação complicada. O atleta, que sempre faz questão de exibir seus títulos, pode ter uma perda em breve. Com o desejo claro de atuar mais entre os galos do que entre os moscas, o Ultimate pode obrigar que o atleta abra mão de um de seus títulos e, ao que tudo indica, o dos moscas será deixado para trás.

Segundo o presidente do UFC, Dana White, Henry deveria enfrentar o número um dos moscas em seu próximo compromisso. O adversário, no caso, é Joseph Benavidez, que conseguiu o direito de ser o desafiante após bater o brasileiro Jussier Formiga em confronto direto por um lugar na linha de frente da categoria. No entanto, na mesma entrevista, Cejudo fala com mais empolgação sobre atuar novamente na divisão de cima e encarar o ‘Campeão do Povo’.

José Aldo é uma lenda. Eu admirava ele quando eu era mais novo, mas, agora, eu quero mostrar para ele que eu sou o rei. Para lutar pelos moscas, quem deveria bater peso era eu. Preciso conversar com meu agente, Ali (Abdelaziz) e com Dana White, porque gosto de dinheiro também”, disse o campeão.

A caça oficial às lendas do esporte iniciou quando Cejudo bateu Marlon Moraes na luta pelo título dos galos. Após derrotar Moraes, o norte-americano, ainda no octógono, pediu lutas contra atletas como Dominick Cruz e Urijah Faber. Mesmo que possa soar prepotente para algumas pessoas, o campeão sempre mostra respeito pelos feitos dos homens que desafia.

Campeão olímpico, Cejudo vem, aos poucos, construindo uma carreira sólida e provando que pode falar e concretizar suas promessas.

Henry estreou no MMA em 2013. Ao todo, o lutador realizou 15 lutas profissionais, vencendo 13 e sendo derrotado em duas ocasiões; uma delas, para o ex-campeão Demetrious Johnson e a outra justamente para Benavidez, que pode ser seu próximo rival no combate entre os moscas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário