Cláudia Gadelha confirma lesão e está fora do UFC Washington

Brasileira machuca tornozelo e deixa luta contra Cynthia Calvillo, em 7 de dezembro

C. Gadelha em apresentação pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @claudiagadelha

A mossoroense Cláudia Gadelha está fora da luta contra Cynthia Calvillo que aconteceria no dia 7 de dezembro, pelo UFC Washington, nos Estados Unidos. A atleta confirmou uma lesão no tornozelo direito e deixa o card norte-americano. O encontro com Calvillo seria a segunda apresentação da brasileira em 2019. Em sua conta oficial no Instagram, Gadelha se explicou para os fãs e justificou a ausência no espetáculo no fim do ano.

Veja Também

Guto Inocente é confirmado em torneio sem limite de peso no Bahrein
Greg Hardy aceita desafio de encarar Alexander Volkov no UFC Moscou, diz site
José Aldo rebate provocação de Henry Cejudo: ‘Só quero que ele assine o contrato!’

“Estou aqui para falar que minha luta do dia 7 de dezembro não vai acontecer. Eu machuquei sério na minha última luta (UFC 239); quebrei um dedo e torci o tornozelo. Então, desde que o UFC entrou em contato com a gente para fechar essa luta, eles sabiam que eu estava machucada. A gente tentou recuperar de todas as maneiras. O meu dedo está tranquilo, mas meu tornozelo não está recuperando e eu não posso lutar machucada”, disse a lutadora a seus fãs.

Atualmente na quinta posição no ranking das palhas (52,1kg.), Cláudia disse que, desta vez, não irá repetir um erro do passado, que seria se apresentar sem estar em totais condições de promover uma boa performance para os fãs, diretoria e público presente. Com isso, restou à brasileira confirmar a lesão e se retirar do evento.

“Já lutei machucada várias vezes. Isso já aconteceu várias vezes na minha carreira. Eu já aprendi que eu não posso fazer isso. Então, essa vai ser a primeira vez que eu vou sair de uma luta do UFC. Estou aqui para falar para vocês e para a minha oponente, porque eu respeito muito as minhas adversárias e eu precisava dar uma satisfação”, contou a mossoroense.

Gadelha permanece em treinamento e busca acelerar o processo de recuperação para que possa retornar ao octógono o mais breve possível.

Com 21 lutas na carreira e uma disputa de cinturão no currículo, Cláudia teria a chance de conquistar sua segunda vitória consecutiva pela organização, algo que não ocorre desde 2017. A combatente vem de um triunfo seguro sobre Randa Markos, ocorrido no UFC 239 e busca retomar seu lugar como possível desafiante ao título no futuro.

A nova adversária de Cynthia Calvillo ainda não foi divulgada pela organização. A norte-americana irá realizar sua sétima luta pela empresa e busca entrar no ranking da categoria.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments