Walker rebate declaração de Jones: ‘O maior nome vai aparecer em 2 de novembro’

Brasileiro envia mensagem a campeão meio-pesado e sugere desafio a norte-americano após UFC 244

J. Walker tem luta marcada para 2 de novembro. Foto: Reprodução/Instagram @johnnywalkerufc

Recentemente, Jon Jones manifestou sua insatisfação com a falta de desafios de peso na divisão em que reina atualmente. Para o atleta, a divisão dos meios-pesados carece de talentos para representarem grandes desafios. Sabendo da declaração, Johnny Walker resolveu rebater o norte-americano afirmando, em sua conta no Twitter, que desafiará o campeão após o compromisso no UFC 244, que acontece em 2 de novembro, quando enfrenta Corey Anderson no card principal do evento.

Veja Também

Marina Rodriguez substitui Cláudia Gadelha no UFC Washington, diz site
Demian sobre luta contra Askren: ‘Vamos ver quem desenrosca o outro melhor’
Conor McGregor anuncia retorno ao octógono em 18 de janeiro, em Las Vegas

“Não se preocupe. O maior nome vai aparecer no seu Twitter no dia dois de novembro. Diga meu nome três vezes, e eu posso aparecer hoje”, escreveu o atleta de Belford Roxo (RJ).

O descontentamento de Jones se dá pelo fato de ele já ter batido a maioria dos nomes que atualmente figuram na elite da categoria. Entre os cinco primeiros, ‘Bones’ não derrotou apenas o quarto, Dominick Reyes, e o quinto colocado, Jan Blachowicz. Jan, porém, tem compromisso marcado contra Ronaldo Jacaré, no UFC São Paulo, em 16 de novembro.

O campeão meio-pesado chegou a sugerir um afastamento do esporte para aguardar o surgimento de um novo talento que pudesse enfrentá-lo no futuro. O norte-americano ainda minimizou a vitória de Reyes sobre Chris Weidman na última sexta-feira (18), pelo UFC Boston. Jon chegou a inferir que o compatriota, invicto na carreira, seria ‘mais do mesmo’.

Johnny chegou ao Ultimate causando uma ótima impressão entre os fãs de MMA e a diretoria. Com apenas três lutas pela empresa, o brasileiro já se encontra na 11ª posição da divisão e soma menos de três minutos dentro do octógono, somado o tempo em que Walker precisou para bater seus últimos adversários no UFC.

No card de novembro, Johnny terá seu maior desafio desde que assinou contrato profissional com a companhia. O lutador irá trocar forças com Corey Anderson, que atualmente se encontra na sétima posição do ranking. Cotado como uma grande promessa para o Brasil no esporte, Walker precisa de uma nova vitória para entrar de vez no radar da diretoria como possível desafiante de ‘Bones’.

O brasileiro, hoje com 27 anos, soma 20 lutas, com 17 triunfos e apenas três derrotas. Walker não sabe o que é perder desde junho de 2016. Jones, por sua vez, ostenta uma invencibilidade que já dura 10 anos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments