Marina Rodriguez substitui Cláudia Gadelha no UFC Washington, diz site

Ultimate escolhe brasileira para enfrentar Cynthia Calvillo; evento acontece em 7 de dezembro

M. Rodriguez (foto) substitui C. Gadelha no UFC Washington, em dezembro. Foto: Reprodução/Instagram @marinarodriguezmma

O Ultimate agiu rápido e já escolheu Marina Rodriguez como substituta de Cláudia Gadelha para o combate contra Cynthia Calvillo no UFC Washington, no dia 7 de dezembro, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada recentemente pela ‘ESPN’. A brasileira realizará sua quarta luta pela companhia.

Veja Também

Demian sobre luta contra Askren: ‘Vamos ver quem desenrosca o outro melhor’
Conor McGregor anuncia retorno ao octógono em 18 de janeiro, em Las Vegas
José Aldo estreia no peso galo contra Marlon Moraes no UFC 245, em dezembro

A sul-rio-grandense assume o lugar da mossoroense, que, nesta semana, admitiu ter uma lesão no tornozelo e não conseguiria se apresentar em sua melhor forma contra a norte-americana. Marina e Cynthia se encaram no card principal do evento.

Ao aceitar o compromisso de substituir Gadelha, Rodriguez retornará ao octógono, após ter atuado uma vez em 2019 em sua vitória sobre Tecia Torres, em agosto. A combatente, que vem se tornando uma lutadora com cada vez mais visibilidade na empresa, colocará sua invencibilidade a prova contra a norte-americana, que vem de dois triunfos consecutivos.

Marina estreou no MMA em março de 2015 e, em 12 lutas disputadas, apenas não saiu vencedora quando empatou com Randa Markos, em combate ocorrido em setembro do ano passado.

Pelo Ultimate, a sul-rio-grandense se apresentou em três ocasiões, desde que que assinou seu contrato profissional com a organização. Foram duas vitórias e um empate.

Atualmente na nona posição no ranking das palhas (até 52,1kg.), a brasileira chega ao evento norte-americano para vencer e encostar na elite da divisão, para que assim possa se aproximar de uma disputa de cinturão no futuro.

Calvillo, por sua vez, tenta ampliar sua série invicta, que já dura quase dois anos. A última derrota de Cynthia aconteceu em dezembro de 2017, quando foi batida pela experiente Carla Esparza, no UFC 219. Na 10ª colocação da categoria, a atleta, assim como Marina, quer chegar ao topo da categoria. A última luta da norte-americana aconteceu em fevereiro deste ano, quando derrotou Cortney Casey na decisão unânime dos juízes.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments