Demian sobre luta contra Askren: ‘Vamos ver quem desenrosca o outro melhor’

Brasileiro e norte-americano travam luta principal do UFC Singapura, neste sábado, e espera combate com muita luta agarrada

D. Maia (esq.) e B. Askren (dir.) fazem encarada. Foto: Reprodução/Instagram @demianmaia

O brasileiro Demian Maia está próximo de protagonizar mais um evento no Ultimate. Neste sábado (26), o atleta, junto ao norte-americano Ben Askren, será responsável por entreter o público na luta principal do UFC Singapura. Sabendo que vai enfrentar um adversário perigoso e com características semelhantes às suas, o paulista espera um duelo equilibrado para o final de semana. Em entrevista ao ‘Combate’, o tupiniquim falou sobre a expectativa para o encontro.

Veja Também

Conor McGregor anuncia retorno ao octógono em 18 de janeiro, em Las Vegas
José Aldo estreia no peso galo contra Marlon Moraes no UFC 245, em dezembro
IMAGENS FORTES: Cigano exibe lesão que o tirou do UFC Moscou

“A gente está lutando MMA, não está lutando jiu-jitsu e nem wrestling, mas a chance é grande de a gente entrar na luta agarrada, porque são dois caras que vêm desse estilo. Ele é um excelente grappler (luta agarrada). O jogo dele é todo baseado em clinchar; muito parecido até com o meu, nesse ponto. Mas a forma que ele caminha dentro do octógono é um pouco diferente da minha”, disse Maia.

Embora alguns entusiastas do MMA não estejam se empolgando com o combate, por se tratar de dois atletas que são mundialmente conhecidos por seu alto nível na luta agarrada, o brasileiro afirma que o combate será bem disputado.

“É difícil falar, mas essa luta vai ser interessante. Vai ter bastante luta agarrada e vamos ver quem consegue desenroscar o outro melhor”, declarou.

No combate deste sábado, Demian pode atingir uma marca histórica pelo Ultimate. Caso saia vencedor sobre Ben, o brasileiro irá ficar a uma vitória de se igualar ao recorde de triunfos imposto por Donald Cerrone, o combatente com mais resultados positivos pela empresa. Ao todo, são 23.

No entanto, Maia prefere não pensar em números e recordes no momento, já que o objetivo maior é conseguir ter o braço levantado ao fim da peleja contra Askren.

“Isso motiva muito, mas longe de ser meu foco essa semana. Isso é muito legal, mas eu quero ir lá e ganhar essa luta, o recorde é consequência. Não tem como você estar focado em quebrar o recorde. Tem que estar focado em fazer o melhor, colocar a estratégia em prática e a consequência é uma hora chegar ao recorde”, finalizou o atleta.

Aos 41 anos, Maia completará sua 36ª luta na carreira desde que estreou como atleta profissional, em 2001. Ao todo, o brasileiro já venceu 27 ocasiões e perdeu em nove. O lutador já foi desafiante ao título dos médios (até 83,9kg.) e meio-médios (até 77kg.).

Askren, de 35, tem 20 lutas e apenas uma derrota em seu cartel. O norte-americano tenta apagar o nocaute brutal aplicado por Jorge Masvidal, que precisou de apenas cinco segundos para derrotá-lo em um dos combates mais aguardados do UFC 239, em julho.

Programa de lutas do UFC Singapura

CARD PRINCIPAL (9h, horário de Brasília):

Peso meio-médio (até 77kg.): Demian Maia x Ben Askren

Peso leve (até 70,3kg.): Michael Johnson x Stevie Ray

Peso leve (até 70,3kg.): Frank Camacho x Beneil Dariush

Peso pesado (até 120,2kg.): Ciryl Gane x Don’Tale Mayes

Peso meio-médio (até 77kg.): Muslim Salikhov x Laureano Staropoli

CARD PRELIMINAR (6h30, horário de Brasília):

Peso palha (até 62,1kg.): Randa Markos x Ashley Yoder

Peso leve (até 70,3kg.): Alex White x Rafael Fiziev

Peso pena (até 65,7kg.): Enrique Barzola x Movsar Evloev

Peso pesado (até 120,2kg.): Sergei Pavlovich x Maurice Greene

Peso palha (até 52,1kg.): Loma Lookboonmee x Alexandra Albu

Peso pesado (até 120,2kg.): Raphael Bebezão x Jeff Hughes

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments