José Aldo estreia no peso galo contra Marlon Moraes no UFC 245, em dezembro

Ex-campeão dos penas, Aldo desce de categoria e encara o número 1 do ranking; vencedor deve encarar o campeão Henry Cejudo

Marlon (esq.) e Aldo (dir.) se enfrentam no UFC 245. Foto: Montagem SL MMA Press

A estreia de José Aldo no peso galo (até 61.2 kg.) já tem data e local para acontecer. O ex-campeão do peso pena (até 65.7 kg.) tenta a sorte na nova divisão contra o compatriota Marlon Moraes, número um do ranking. O combate será atração no UFC 245, evento que acontece dia 14 de dezembro, em Las Vegas (EUA). A informação foi divulgada pelo site norte-americano MMA Junkie.

Saiba mais

McGregor dispara contra diretoria do Ultimate: ‘UFC está atrasando meu retorno’
Campeão do ONE FC, Bibiano Fernandes completa 15 anos de MMA com carreira vitoriosa
Jones sobre próximo compromisso: ‘Não tenho nada a ganhar vencendo Dominick Reyes’

Duranta a semana, Aldo mostrou que a nova dieta em que se submeteu havia dado resultado e desafiou Henry Cejudo, atual campeão do peso galo. Mas, por ser sua primeira vez em uma nova divisão, o UFC preferiu que o brasileiro fizesse uma luta antes da disputa de título.

José Aldo reinou no peso pena entre 2011 e 2015, fazendo seis defesas de cinturão – o maior número da categoria – até ser nocauteado por Conor McGregor, no UFC 194, em apenas 12 segundos. O ‘Campeão do Povo’ ainda recuperou o título – que estava vago pois McGregor havia subido ao peso leve  – no UFC 200, em 2016, quando bateu Frankie Edgar. Mas voltou a ser derrotado, dessa vez pelo havaiano Max Holloway no UFC 212, em junho de 2017, e no UFC 218, na revanche, em dezembro 2017. Ele ainda arriscou uma retomada no peso pena, batendo Jeremy Stephens e Renato Moicano, entretanto, o novo revés contra o australiano Alexander Volkanovski no UFC 237 frustrou a ascensão de Aldo.

Por sua vez, Marlon, que chegou a desafiar Aldo para a primeira luta do compatriota no peso galo, tenta a retomada pelo duelo válido pelo cinturão. Moraes, que tem histórico de 22 vitórias, seis derrotas, e uma empate, ainda ocupa a primeira posição no ranking, abaixo apenas do campeão Cejudo. Em sua última luta, Marlon foi superado justamente pelo dono do cinturão no UFC 238, em junho. Antes disso, ele havia batido na sequência John Dodson, Aljamain Sterling, Jimmie Rivera e Raphael Assunção.

UFC 245

O UFC 245, último evento pay-per-view do Ultimate em 2019, promete ser um dos maiores do ano. O show terá, além do combate entre Aldo e Marlon, três disputas de cinturão: A brasileira Amanda Nunes defende o título peso galo feminino contra Germaine de Randamie; Max Holloway coloca o reinado dos penas em jogo contra Alexander Volkanovski, enquanto Kamaru Usman e Colby Covington duelam pelo cinturão dos meio-médios (até 77.1 kg.).

Além de Aldo, Marlon e Amanda, o programa de lutas da atração traz ainda mais duas brasileiras: Ketlen Vieira encara Irene Aldana, enquanto Vivi Araujo mede forças contra Jessica Eye. Confira abaixo o card do UFC 245 até o momento (sujeito a alterações).

Peso meio-médio (até 77.1 kg.): Kamaru Usman x Colby Covington – luta pelo cinturão

Peso pena (até 65.7 kg.): Max Holloway x Alexander Volkanovski – luta pelo cinturão

Peso galo (até 61.2 kg.): Amanda Nunes x Germaine de Randamie – luta pelo cinturão

Peso galo (até 61.2 kg.): José Aldo x Marlon Moraes

Peso galo (até 61.2 kg.): Urijah Faber x Petr Yan

Peso mosca (até 56.7 kg.): Jessica Eye x Vivi Araújo

Peso meio-médio (até 77.1 kg.): Matt Brown x Ben Saunders

Peso mosca (até 56.7 kg.): Kai-Kara France x Brandon Moreno

Peso médio (até 83.9 kg.): Punahele Soriano x Oskar Piechota

Peso galo (até 61.2 kg.): Irene Aldana x Ketlen Vieira

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário