Frankie Edgar mostra entusiasmo para debute entre os galos: ‘Quero enfrentar os melhores’

Ex-campeão dos leves revela ansiedade para enfrentar Cory Sandhagen, em janeiro, em seu debute pela nova divisão

F. Edgar em luta pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @frankieedgar

Quando chegar 25 de janeiro de 2020, Frankie Edgar estará realizando um desejo antigo de sua equipe: o de atuar na divisão dos galos (até 61,2kg.). Com boas apresentações entre os leves (até 70,3kg.), onde foi campeão, e penas (até 65,7kg.), o norte-americano, agora, estará atuando na divisão que, para muitos, deveria ter sido a sua há tempos. Em entrevista ao programa do Ultimate ‘UFC Unfiltered’, o atleta falou sobre os novos rumos e o desafio de encarar Cory Sandhagen, em janeiro, pelo UFC Raleigh.

Veja Também

Ultimate confirma luta entre Cigano e Curtis Blaydes para o UFC Raleigh, em janeiro
Ex-treinador de Nick Diaz afirma que pupilo venceria Masvidal: ‘É o mais casca-grossa’
Shevchenko volta a defender seu título em fevereiro, contra Katlyn Chookagian, diz site

“Ele (Cory) é muito perigoso. Ele é o atual número três (no ranking) e eu ainda quero enfrentar os melhores caras na minha carreira. Sinto que lutando contra o terceiro é uma boa maneira de se estrear na nova divisão”, disse o ex-campeão.

Embora esteja descendo de categoria, muitos imaginam que os rivais do novo grupo serão de menor envergadura e estatura. No entanto, para o novo desafio, o Ultimate escolheu um adversário relativamente grande para a divisão. A diferença, porém, parece não incomodar o norte-americano.

“Espero que não lutes com caras tão compridos e altos. Esse cara que eu estou lutando é muito alto, mas acho que continuarei sendo um dos maiores da divisão. Tem que se levar em consideração que os caras vão ser mais rápidos do que nos penas. Essa divisão tem seus próprios desafios”, contou.

Edgar ainda revelou que realizará um desejo antigo de sua equipe ao topar bater o limite de 61,2kg. Para seus treinadores, esta é a categoria ideal para o ex-campeão dos leves no momento.

“Todos me disseram, por anos, para descer de divisão. Meus técnicos estavam me aconselhando por um tempo, e eu lutei pelo título dos penas algumas vezes (três), e acabei sendo menor. Eu sinto que agora é a hora certa de ficar aqui para sempre”, finalizou Frankie.

Logo em sua primeira apresentação na nova categoria, o experiente ex-campeão terá o dever de interromper a ascensão de uma promessa do grupo. Aos 27 anos, Sandhagen vem de sete vitórias consecutivas, duas delas contra os brasileiros Raphael Assunção e John Lineker, recentemente dispensado pela empresa.

Edgar, por sua vez, vem de uma amarga derrota para Max Holloway, em combate válido pelo título dos penas. O combate aconteceu em julho, no UFC 240.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments