Cejudo aposta vitória de Marlon sobre Aldo no UFC 245: ‘Vai nocautear’

Campeão dos galos acredita em manauara debilitado após severo corte de peso em estreia pela nova divisão neste sábado

H. Cejudo em coletiva após o UFC 238. Foto: Reprodução/YouTube Ufc

A decisão de José Aldo em migrar para a divisão dos galos (até 61,2kg.) continua dando o que falar. O atleta tem convivido com diversos comentários de críticos que acreditam que a ideia do atleta não é favorável à saúde e pode afetar seu desempenho nas apresentações. O último a falar sobre o caso foi o atual campeão da divisão, Henry Cejudo, que apostou na vitória de Marlon Moraes sobre o manauara neste sábado (14), pelo UFC 245, quando o ‘Campeão do Povo’ debuta pela nova categoria. A declaração foi feita em entrevista ao ‘Combate’.

Veja Também

Amanda rebate críticas sobre se considerar melhor do mundo: ‘Estou no topo de duas divisões’
Dana afirma que McGregor pode enfrentar Khabib, caso vença Cerrone
Após encarar Randamie, ‘Leoa’ quer defender título das penas: ‘Não vou abandonar nenhum cinturão’

“O Aldo vai perder muito peso. Esse é um problema que ele vai ter. Acho que o Marlon (Moraes) vai nocauteá-lo. O Marlon é um cara muito forte no 61kg. (divisão dos galos). É muito perigoso. O Aldo vai baixar muito de peso, e isso vai machucá-lo. Eu acho que Marlon vai nocautear o José Aldo no primeiro ou no segundo round. Marlon é um tipo de animal diferente”, afirmou o campeão.

Henry tem propriedade para falar de Moraes, já que em sua última apresentação, o norte-americano pôde conferir de perto a potência dos golpes do friburguense. Os dois se enfrentaram em junho, na luta principal do UFC 238. Na ocasião, o ‘Triplo C’ saiu vencedor por nocaute no terceiro round, mas, antes do triunfo, sentiu o peso das mãos de Marlon.

O campeão, no entanto, não esconde o desejo de que Aldo saia vencedor no combate. Há alguns meses o atleta vem mostrando respeito pelo ‘Campeão do Povo’ e voltou a afirmar que gostaria de se experimentar contra o manauara.

“Se ele vencer, gostaria de lutar contra ele no Rio de Janeiro, no Brasil. Eu amo o Brasil. Eu quero que ele ganhe, realmente. Quero muito essa luta. Ele vai sentir uma pressão que nunca sentiu na vida. Estou pronto para mostrar que sou o ‘Rei do Rio’, finalizou Cejudo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments