Batalha entre Usman e Covington fatura bônus de ‘Luta da Noite’ após UFC 245

Nigeriano e norte-americano recebem premiação de US$50 mil após grande apresentação na luta principal da noite; Petr Yan e Irene Aldana também levam ‘bolada’ por performances

C. Covington e K. Usman travaram um duelo emocionante no UFC 245. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Após proporcionarem aos espectadores do UFC 245, realizado neste sábado (14), em Las Vegas (EUA), uma grande batalha válida pelo cinturão dos meio-médios (até 77kg.), Kamaru Usman e Colby Covington receberam o bônus de ‘Luta da Noite’. Os atletas levarão a premiação de US$50 mil (cerca de R$205 mil). Além dos rivais, Petr Yan e Irene Aldana foram agraciados por suas ‘Performances’ no penúltimo evento do ano. A informação foi divulgada por Dana White em coletiva realizada após o espetáculo.

Saiba mais

VÍDEO: Assista o nocaute de Kamaru Usman sobre Colby Covington no UFC 245
Usman cala Covington, defende cinturão e dedica vitória ao Brasil no UFC 245
VÍDEO: Assista a vitória de Amanda Nunes sobre Germaine de Randamie no UFC 245

O cenário para uma grande luta estava montado meses antes da confirmação do duelo entre Usman e Colby. Inimigos confessos, os atletas se provocaram durante muito tempo até que, enfim, chegou o momento de resolverem as pendências dentro do octógono.

A luta, ao contrário do que muitos pensaram, foi disputada em pé na maioria do tempo. Após cinco rounds muito equilibrados, Usman mostrou o porquê de ostentar o cinturão da divisão e calou o polêmico norte-americano com um nocaute brutal no último round da peleja, garantindo sua primeira defesa desde que se tornou o dono do título.

A mexicana Irene Aldana certamente deixará Las Vegas com um grande sorriso no rosto. Após passar por sustos no combate contra a brasileira Ketlen Vieira, sendo dominada na maior parte do primeiro round, a peso galo ‘tirou um nocaute da cartola’ e surpreendeu a manauara restando poucos segundos para o fim da etapa. O golpe rendeu à lutadora o prêmio de ‘Performance da Noite’ e a combatente também levará para casa US$50 mil.

Além de um grande triunfo e se aproximar de uma chance de disputar o cinturão das galos (até 61,2kg.) contra Amanda Nunes, a mexicana colocou fim na invencibilidade da brasileira, que nunca havia perdido em 10 apresentações como profissional no MMA.

O russo Petr Yan também sai contente do UFC 245. O peso galo teve uma noite mágica no card norte-americano, onde dividiu o octógono com uma verdadeira lenda do esporte. O atleta enfrentou Urijah Faber e conseguiu mostrar que está na linha de frente para desafiar Henry Cejudo pelo título da divisão.

A atuação do russo contra o ‘Garoto Californiano’ foi tão convincente que o lutador foi um dos premiados pela diretoria do Ultimate pelo seu desempenho. Na primeira luta do card principal, o atleta conseguiu um belo nocaute sobre o veterano e levantou o público da T-Mobile Arena.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário