Amanda Nunes minimiza chance de enfrentar Claressa Shields no boxe: ‘Sou uma lutadora de MMA’

Campeã das galos considera superluta contra pugilista, mas garante que não irá se arriscar em outra modalidade

A. Nunes em coletiva após UFC 239. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Após uma atuação segura contra Germaine de Randamie no UFC 245, realizado neste sábado (14), onde defendeu seu título das galos (até 61,2kg.) pela quinta vez, a brasileira Amanda Nunes tratou de rejeitar qualquer possibilidade de ser vista atuando no boxe em uma superluta contra a campeã mundial da modalidade, Claressa Shields. A negação veio após especulações sobre um confronto entre as duas atletas. Em coletiva realizada após o espetáculo, a baiana, no entanto, não descartou um embate contra a norte-americana no MMA.

Veja Também

Batalha entre Usman e Covington fatura bônus de ‘Luta da Noite’ após UFC 245
VÍDEO: Assista o nocaute de Kamaru Usman sobre Colby Covington no UFC 245
Usman cala Covington, defende cinturão e dedica vitória ao Brasil no UFC 245

“Sou uma lutadora de MMA. Se ela quiser me enfrentar, que venha para o meu campo”, disparou a pojucana.

No início deste ano, Claressa admitiu o desejo de se arriscar nas artes marciais mistas e vê em Amanda um grande desafio para se testar no novo esporte. A oportunidade encheu os olhos de Dana White, que enxerga no embate uma grande possibilidade de realizar um grande show envolvendo as atletas.

Amanda, no entanto, garante que não irá fazer como Conor McGregor que, em 2017, se afastou do MMA e topou um desafio contra a lenda do boxe, Floyd Mayweather. Apesar das cifras milionárias conquistadas, o irlandês acabou batido por nocaute.

Campeã olímpica de boxe (Londres – 2012 e Rio de Janeiro – 2016), e dona do cinturão da WBO (World Boxing Organization) desde abril deste ano, Shields esteve presente em Las Vegas para ver de perto a possível adversária. Mesmo com a negação de Amanda em atuar na ‘nobre arte’, a migração de Claressa mantém fixa a ideia de se aventurar nas artes marciais mistas.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments