Masvidal se diz aberto para enfrentar St.Pierre: ‘Quero quebrar a cara dele’

Dono de título de ‘Mais Casca-Grossa’ do MMA vê com bons olhos duelo contra ex-campeão meio-médio e médio, aposentado desde 2017

O ex-campeão meio-médios (até 77kg.) e médios (até 83,9kg.), Georges St.Pierre, não luta desde 2017, mas o nome da lenda do esporte continua relevante dentro do MMA. Com especulações sobre um confronto contra Khabib Nurmagomedov, desta vez foi Jorge Masvidal que aproveitou o nome do canadense para tentar promover um confronto. Em entrevista ao ‘Submission Radio’, o ‘bad-boy’ fez a declaração.

Veja Também

Cigano fala sobre retorno ao octógono após grave lesão: ‘Um choque de adrenalina’
Após confirmação de luta, Durinho esbanja respeito a Demian Maia: ‘Vou honrar a oportunidade’
Conor McGregor surge mais forte em imagem dias antes do UFC 246

“Bom, eles costumam dizer que eu ressuscito lutadores e eles se aposentam depois. Então, eu não me importaria se GSP (Georges St.Pierre) se juntasse a esse grupo. Com toda a sinceridade, como competidor, eu quero quebrar a cara dele. Queria ir lá (no octógono) e dar a ele tudo o que eu tenho. Mas eu respeito tudo o que ele fez”, contou Jorge.

Mesmo esbanjando a confiança de sempre, Masvidal não tentou minimizar os feitos do canadense dentro do esporte. Com idas e vindas ao MMA, Georges conseguiu grandes realizações e se concretizou como um dos melhores atletas da história do esporte.

“Ele ficou não sei quanto tempo afastado, voltou e venceu (Michael) Bisping pelo título legítimo dos médios. O cara é duro. É um animal. Eu me entregaria de toda a minha alma, porque ele é bom assim”, contou.

Sem lutar desde o combate contra Bisping, quando derrotou o norte-americano e conquistou seu segundo título pelo Ultimate em divisões diferentes, St.Pierre tem cogitado um retorno ao MMA para uma superluta contra o campeão dos leves (até 70,3kg.), Khabib Nurmagomedov.

O UFC, o russo e o canadense já mostraram o interesse para que o combate acontecesse, no entanto, as negociações podem esbarrar nas cifras e no peso no qual a peleja poderia acontecer, já que GSP não estaria disposto a passar por um severo corte de peso aos 38 anos de idade.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário