Volkanovski muda de ideia sobre dar revanche a Holloway: ‘Não foi tão equilibrado’

Campeão dos penas tem nova postura após ter revisto luta contra Max no UFC 245

Holloway (esq.) encara Volkanovski (dir.). Foto: Reprodução / YouTube ufc

O novo campeão dos penas (até 65,7kg.), Alexander Volkanovski, parece ter mudado de opinião sobre dar uma revanche imediata ao antigo dono do título, Max Holloway. Após rever a vitória conquistada no UFC 245, em dezembro, o australiano mudou a postura e afirmou que o combate não foi equilibrado a ponto de dar uma nova chance ao havaiano. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, o combatente falou sobre a situação.

Veja Também

Walker culpa antigo técnico em derrota para Corey Anderson: ‘Me estressou na semana da luta”
Treinador de Covington projeta retorno de ‘bad-boy’ ao octógono até maio
McGregor espera receber R$331 milhões em luta contra Donald Cerrone: ‘Muito feliz’

“Assistindo a luta de novo tentando não ser tendencioso. Tentei ver tudo o que ele (Holloway) fez. Eu me esforcei para dar um round para ele. Tiveram assaltos que foram mais parelhos do que outros, mas, dar um round para ele, seria apenas porque ele era o campeão. É assim que eu vejo. Não é como se eu o tivesse destruído, mas eu definitivamente estava à frente”, declarou Alexander.

As análises do campeão após rever o combate foram essenciais para que Volkanovski passasse a ver Max com outros olhos, quando colocado em pauta uma nova disputa.

“Se fosse mais próximo, uma decisão dividida, até meus treinadores diriam que ele mereceria uma revanche. Mas eles viram o vídeo e disseram: ‘Você não pode simplesmente dar uma revanche para ele depois disso’. Eu sou o tipo de pessoa que vou lutar contra qualquer um. Acredito que eu venceria de qualquer maneira”, contou.

Depois de encerrado o UFC 245, o presidente do Ultimate, Dana White, em coletiva após o espetáculo, chegou a afirmar que uma revanche entre os atletas já estaria em pauta para um card a ocorrer na Austrália. Na ocasião, Volkanovski também havia dito que Holloway merecia a oportunidade por todos os seus feitos enquanto foi o número um da categoria.

Antes de confirmar seu compromisso contra qualquer outro oponente, Alexander deve se recuperar de uma cirurgia para corrigir uma fratura na mão, sofrida no embate contra Holloway. O atleta ainda não tem previsão de retorno ao octógono.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário