Em grande fase, Charles do Brox acredita que se daria bem contra Conor McGregor

Com luta marcada para o UFC Brasília, peso leve garante que promoveria um bom combate contra irlandês

C. do Bronx em vitória pelo UFC. Foto: Reproduçao/Facebook Ufc

Após sua grande vitória no UFC São Paulo, em novembro, quando derrotou Jared Gordon por nocaute, Charles do Bronx surpreendeu e desafiou o irlandês para dividir o octógono em seu próximo desafio. O pedido não foi atendido pelo Ultimate, mas o brasileiro mantém firme a ideia de que poderia encarar o ex-campeão dos penas e leves de igual para igual. Em entrevista ao ‘Ag.Fight’, o paulista falou sobre o retorno do ‘Notório’ ao octógono e de como visualiza um encontro entre eles.

Veja Também

Marlon Moraes admite que abriria mão de luta pelo cinturão por revanche contra Aldo
Usman descarta superlutas contra Khabib e Adesanya: “Existe respeito mútuo’
Israel Adesanya faz previsão sobre luta contra Yoel Romero: ‘Vou fazer parecer fácil’

“Ele (Conor McGregor) é um cara muito agressivo. É um cara que trabalha muito bem a trocação. Foi uma luta muito rápida (contra Donald Cerrone, no UFC 246), então, não tem muito o que falar, só dar os parabéns para ele. O cara mostrou que veio para bater em qualquer um, mas eu continuo falando: ‘Eu faria uma grande luta contra ele’. Ele vende a luta do jeito dele, é um cara agressivo no microfone, fala bastante. Na real, eu acho que seria uma luta muito boa. Ele é um lutador da luta em pé, não tem nada de chão praticamente, e eu sou um cara que tenho chão e estou mostrando que tenho trocação. Seria uma grande luta”, afirmou o brasileiro

Do Bronx fez questão de reforçar sua evolução quando o combate é disputado fora de sua zona de conforto, que é o jiu-jitsu. A prova disso é que o paulista vem de dois nocautes consecutivos.

“Todo mundo quando lutava comigo tinha medo só da parte de chão e agora eles estão vendo minha evolução na parte em pé também. Lógico, eu tenho muita coisa para aprender ainda, tenho que crescer em muitos aspectos, mas eu acho que eu sou perigoso tanto em pé quanto no chão”, finalizou.

Mesmo com o desejo de se testar contra Conor, Chalres mantém sua cabeça focada para seu próximo desafio. O brasileiro tem compromisso marcado contra Kevin Lee na luta principal do UFC Brasília. Em caso de vitória, combate pode colocar Do Bronx na elite da divisão que hoje é dominada por Khabib Nurmagomedov.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário