Dana White critica discussão entre Kamaru Usman e Jorge Masvidal em evento da NFL

Presidente do Ultimate desaprova atitude de campeão e provável desafiante ao título dos meio-médios, que trocaram provocações na última semana

D. White em coletiva após o UFC 239. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Embora não estejam confirmados como adversários oficiais, Kamaru Usman e Jorge Masvidal já deram início às provocações para uma futura disputa pelo título dos meio-médios (até 77kg.). Na última semana, os atletas protagonizaram um momento de tensão nos bastidores de um evento da NFL. O presidente do UFC, Dana White, porém, criticou a atitude dos combatentes e, em entrevista à ‘ESPN’, afirmou que os combatentes podem receber punições, caso cheguem às vias de fato.

Veja Também

Jon Jones responde provocação de Adesanya e projeta luta contra Miocic após UFC 247
Petr Yan afirma que gostaria de enfrentar TJ Dillashaw quando suspensão de atleta for encerrada
Após declaração contra Covington, ‘falastrão’ desafia 50 Cent para luta de boxe

“Eu não gostei daquilo. As pessoas pensam que, pelo fato de e user o promotor, eu gusto. Isso é ótimo para os negócios, mas não é bom para a gente. Estamos aqui, no Super Bowl, e esses caras estão agindo com neandertais”, declarou Dana.

Para White, o motivo da preocupação se dá pelo fato de o público entusiasta do futebol americano não é necessariamente o mesmo dos que gostam do UFC. Para o ‘chefão’, é necessário ter cuidado para não manchar a imagem da empresa perante outros esportes.

“O problema é para as pessoas que estão aqui e para a mídia. Assusta (quem não está acostumado). Isso é uma coisa assustadora quando acontece. Se eles tocam, agora a polícia se envolve”. Nós somos regulados pelo governo. Agora, as comissões atléticas estão se envolvendo (se eles tocarem uns nos outros)”, disse o mandatário.

Por fim, White garantiu que os atletas terão 25 minutos para trocarem forças quando se enfrentarem para valer dentro do octógono. Dana cravou a data e local para os combatentes realizarem o aguardado confronto.

“Esses caras vão lutar em Las Vegas (EUA) na ‘Semana Internacional da Luta’ (11 de julho) por 25 minutos. Eles podem fazer o que quiserem um com o outro. Essa luta vai acontecer. Você não precisa fazer isso aqui”, finalizou White.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments