Henry Cejudo provoca Volkanovski e sugere luta por terceiro título no UFC: ‘Quero seu cinturão’

Norte-americano publica foto provocando campeão dos penas e sugere luta na divisão de cima

H. Cejudo (dir.) publica foto provocando A. Volkanovski. Foto: Reprodução/Twitter @HenryCejudo

Desde que conquistou seu primeiro cinturão pelo Ultimate, em agosto de 2018, Henry Cejudo tem se tornado uma espécie de ‘showman’ dentro da organização. Com dois títulos oficiais no currículo (moscas e galos), o norte-americano, agora, parece ter um sonho mais ousado. O atleta provocou o novo campeão dos penas (até 65,7kg.), Alexander Volkanovski, sugerindo que está em busca de seu posto de ‘rei da divisão’. A situação aconteceu após uma publicação de Cejudo em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Veja Também

Rogério Bontorin revela ‘dieta cruel’ para bater peso dos moscas: ‘Não comi nada essa semana’
Jan Blachowicz quer vitória sobre Corey Anderson para desafiar Jon Jones: ‘Quero ser o primeiro a derrotá-lo’
Vindo de derrota, Markus ’Maluko’ encara Alessio Di Chirico no UFC Portland, em abril

“Mostrando para minha garota o próximo cinturão que vou conquistar. Alexander Volkanovski, estou chegando para tomar seu cinturão, seu ‘anão grande’. ‘Quadruplo C’ está em desenvolvimento”, escreveu Henry.

Cejudo se autodenominou como ‘Triplo C’ após se sagrar campeão dos galos (até 61,2kg.), em junho do ano passado, quando derrotou Marlon Moraes pelo título vago por TJ Dillashaw. O apelido se dá por conta dos dois cinturões do Ultimate somado à medalha olímpica conquistada pelo norte-americano em 2008 (Pequim).

Sabendo do desafio, não demorou muito para que Alexander respondesse ao campeão dos galos. O australiano, que se tornou número um da categoria ao bater Max Holloway, em dezembro do ano passado, pelo UFC 245, ironizou a provocação do norte-americano.

“Não faça promessas vazias no dia dos namorados”, escreveu o australiano.

Atualmente, Cejudo está em negociação com o Ultimate para retornar ao octógono e realizar sua primeira defesa de cinturão. Ao que tudo indica, Henry irá enfrentar José Aldo na luta principal do UFC 250, que acontecerá em São Paulo, em maio.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário