Após interrupção polêmica contra Magomed Ankalaev, Cutelaba dispara contra árbitro: ‘Não me deixou lutar’

Conhecido por sua agressividade, meio-pesado se manifesta contra Kevin MacDonald, que interrompeu confronto no UFC Norfolk de forma ‘bizarra’

I. Cutelaba (esq.) reclama com M. Ankalaev o resultado do UFC Nofolk. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Em meio à expectativa entre Deiveson Figueiredo e Joseph Benavidez no UFC Norfolk, realizado no último sábado (29), nos Estados Unidos, uma luta específica gerou polêmica entre os fãs de MMA. No aguardado confronto entre Io Cutelaba e Magomed Ankalaev, o árbitro Kevin MacDonald foi alvo de críticas após interromper o combate em 38s por entender que Cutelaba não tinha condições de seguir no confronto em função dos golpes sofridos. Ion, no entanto, respondia aos ataques e permanecia de pé. Questionado após o espetáculo, o moldavo falou sobre sua frustração em entrevista à ‘ESPN’.

Veja Também

Vídeo: Filho de Anderson Silva conquista dois cinturões no muay thai amador e afirma: ‘Só o começo’
Paulo Borrachinha confirma presença no UFC 248 para assistir ‘Adesanya x Romero’
Joseph Benavidez descarta aposentadoria após derrota para Deiveson Figueiredo: ‘Vamos continuar’

“Quando são dois lutadores deste nível que são colocados para lutar, eles chegam para mostrar ao mundo um bom combate. Não importa, um round, três ou 40 segundos. Deixe eles lutarem. Aquele árbitro (Kevin) não sabe como fazer isso. Eles têm que selecionar outro árbitro para controlar esse tipo de situação”, disse Ion.

Cutelaba, que começou o primeiro assalto sofrendo uma sequência de golpes aplicados por Magomed. O atleta, entanto, após análise do confronto, não mostrava ter sido vítima de nocaute. Ion se defendia e, no momento da interrupção de MacDonald, respondia aos ataques. A ação do árbitro, então, causou a revolta do moldavo ainda no octógono.

“Eu vim da Moldova para mostrar ao mundo que sou o melhor e aquele árbitro não me deixou lutar. Todos os ataques que meu oponente desferiu eu controlei. Quando o árbitro parou o confronto, eu estava contra golpeando. Isso era parte da minha estratégia e Kevin achou que eu tinha caído, mas era parte do plano”, finalizou Cutelaba.

No confronto contra Magomed, tanto Ion quanto o russo buscavam uma grande performance para se aproximar da elite da categoria que hoje é dominada por Jon Jones. O revés, então, interrompeu que Cutelaba conquistasse sua segunda vitória consecutiva enquanto Ankalaev somou o quarto triunfo consecutivo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo Nunes
Rodrigo Nunes
8 meses atrás

Ridicula a atuação do Kevin, era um combate que prometia fortes emoções e que agradaria bastante aos telespectadores, esse árbitro se mostrou totalmente despreparado para uma luta de tal porte.