Justin Gaethje diz que vai socar Dana White, caso McGregor receba o direito de enfrentar Khabib

Norte-americano volta a se manifestar contra presidente do Ultimate, que cogita escalar irlandês para a disputa de cinturão, se russo vencer no UFC 249

J. Gaethje em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Em grande fase no Ultimate, Justin Gaethje continua sendo um grande crítico da organização quando se fala no tratamento dado a Conor McGregor. Sem atuar entre os leves (até 70,3kg.) desde o revés sofrido para Khabib Nurmagomedov, em outubro de 2018,  o irlandês segue como favorito a enfrentar o campeão, caso o russo passe por Tony Ferguson no UFC 249. O fato irritou o norte-americano, que afirmou que pode agredir o ‘chefão’, caso a disputa pelo título se confirme no futuro. A declaração foi feita em entrevista à ‘ESPN’.

Veja Também

Vindo de derrota, Elizeu Capoeira mira grande apresentação contra Alexey Kuchenkoneste sábado  
Weili Zhang elogia Joanna Jedrzejczyk após luta histórica no UFC 248: ‘Trabalhamos juntas’
Sem lutar há quase um ano, Anderson Silva descarta aposentadoria: ‘Não vou parar ainda’

“Não posso aceitar isso. Eu vou ser despedido. Vou dar um soco no nariz do Dana White. Se você vai tirar uma oportunidade da minha mesa, então eu vou lutar com você. Eu não sei o que quer que eu faça”, disparou Justin.

Em suas últimas apresentações, Gaethje provou ser um dos mais perigosos nomes da categoria. Com vitórias convincentes e imponentes sobre James Vick, Edson Barboza e Donald Cerrone, o norte-americano chegou ao topo da categoria após confirmar a boa fase.

Sem perder desde o revés para Dustin Poirier, em 2018, o atleta conquistou a quarta posição no ranking do grupo e teve seu pedido para enfrentar Conor (3º) ignorado pela empresa. O atleta, então, segue sem adversário para um novo combate.

Gaethje, então, se opõe a White quando o mandatário sugere que o ‘Notório’ poderá ter a revanche contra Khabib mesmo sem atuar pela categoria há mais de um ano.

“Não é justo. Não vou tolerar isso. Estou muito lúcido. Eu respeito o patrão, mas se ele tentar, vai ter Guerra”, finalizou o peso leve.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments