Charles do Bronx e Gilbert Durinho recebem bônus por 'Performance da Noite' no UFC Brasília | SUPER LUTAS

Charles do Bronx e Gilbert Durinho recebem bônus por ‘Performance da Noite’ no UFC Brasília

Brasileiros recebem prêmio de US$50 mil após vitórias no card; ‘Melhor Luta’ vai para Mayra Sheetara contra Maryna Moroz

C. Do Bronx (foto) após vitória no UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Os brasileiros Charles do Bronx e Gilbert Durinho tiveram um motivo a mais para sorrir após a realização do UFC Brasília, que aconteceu neste sábado (14), na capital federal. Além de conquistarem grandes vitórias, os atletas foram premiados com o bônus de ‘Performance da Noite’. Cada um receberá US$50 mil (cerca de R$246 mil) como recompensa pelos bons desempenho. Outra atleta tupiniquim, Mayra Sheetara, junto com sua oponente, Marina Moroz, também foi bonificada pela ‘Melhor Luta’.

Veja Também

Quando subiu no octógono, Charles sabia que não contaria com o calor do público brasileiro no evento, já que o Ultimate, após determinação do governo do Distrito Federal, realizou o espetáculo com portões fechados como medida de precaução ao coronavírus. O atleta, porém, conseguiu, novamente, um bom desempenho diante de Kevin Lee e venceu com uma finalização no terceiro round. O triunfo sobre um grande adversário influenciou na ‘bolada’ recebida pelo brasileiro.

Um dos momentos mais espetaculares da noite foi protagonizado por Gilbert Durinho. No duelo de especialistas no jiu-jitsu contra Demian Maia, o niteroiense conseguiu se sobressair mas foi com os punhos que conquistou a vitória. Logo no primeiro round, Gilbert surpreendeu o compatriota com um cruzado de esquerda, que levou o oponente a nocaute. O golpe fatal de Durinho acabou valendo US$50 mil.

O tradicional prêmio de ‘Luta da Noite’ acabou sendo entregue a uma disputa ocorrida no card preliminar. Mayra Sheetara e Maryna Moroz realizaram uma batalha equilibrada em que a a ucraniana acabou levando a melhor sobre a brasileira, que retornava ao octógono após mais de um ano afastada por lesões. Mesmo derrotada e perdendo a invencibilidade na carreira, a mineira deixa o espetáculo de bolso cheio.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments