Colby Covington se oferece para enfrentar Tyron Woodley neste sábado

Após Leon Edwards anunciar que não pretende se apresentar no UFC Londres, em função do coronavírus, norte-americano manifesta desejo de atuar no card; Ultimate não confirma ausência do inglês no card

C. Covington (foto) pede para substituir L. Edwards no UFC Londres. Foto: Reprodução Twitter @Colby Covington

O surto do coronavírus (COVID-19) segue trazendo consequências no mundo do MMA. Após a manifestação pública de Leon Edwars afirmando que não pretende disputar a luta contra Tyron Woodley na luta principal do UFC Londres, que estava agendada para acontecer na Inglaterra, neste sábado (21), em função da pandemia, o polêmico Colby Covington se ofereceu para substituir o inglês. A declaração foi feita em sua conta no ‘Twitter’.

Veja Também

Dana White confirma que não vai cancelar cards em função do coronavírus: ‘Vamos encontrar um jeito’
Por coronavírus, Leon Edwards se recusa a lutar no UFC Londres e Gilbert Durinho pede para substituí-lo
Siga as atualizações sobre as consequências da pandemia do COVID-19 no MMA

“Estão falando nas ruas que Leon Edwards está fora (do UFC Londres). O Ultimate e a América precisa de um herói. Quem quer ver um herói da américa colocar a capa e arrebentar Tyron Woodley ao vivo na ‘ESPN’ na próxima semana para seu entretenimento e meu prazer pessoal”, escreveu o falastrão.

A declaração de Covington pegou muita gente de surpresa, já que, a princípio, não havia previsão sobre quando o norte-americano retornaria ao octógono depois da derrota sofrida para Kamaru Usman, em dezembro, na disputa pelo título dos meio-médios (até 77kg.).

Ao saber do desafio de Colby, Woodley não perdeu tempo e aceitou o confronto contra o polêmico atleta. Em sua conta no Instagram, o norte-americano topou o embate contra o compatriota.

“Estou pronto para lutar. Estou treinado para matar. Este cara é uma piada. Poucas opções. Vou mantê-los informados. Vou lutar no sábado”, disse Tyron.

Além de Covington, o brasileiro Gilbert Durinho foi outro que se ofereceu para substituir Edwards no embate deste final de semana. Nas suas redes sociais o niteroiense disse que poderia atuar, mesmo tendo lutado no último final de semana, no card de Brasília, quando derrotou Demian Maia.

Até o momento, o Ultimate não confirmou se Leon está, de fato, fora do card deste final de semana. Desta forma, o combate segue mantido até segunda ordem.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments