Johnny Walker promete melhorar wrestling após derrota no UFC Brasília: ‘Vou chegar lá’

Dominado por Nikita Krylov em uma das lutas mais aguardadas do último sábado, brasileiro garante foco total na carreira para recuperar boa fase

J. Walker promete foco total na carreira após segunda derrota consecutiva. Foto: Reprodução/Instagram @johhnywalker

Depois de um duro revés sofrido para Corey Anderson no UFC 244, em novembro do ano passado, Johnny Walker voltou a ter um desempenho abaixo do esperado em seu compromisso no card de Brasília, ocorrido no último sábado (14), na capital federal. Contra Nikita Krylov, o meio-pesado (até 93kg.) teria a chance de recobrar a boa fase na carreira, mas acabou sucumbindo ao jogo de chão do rival e sendo batido na decisão dos juízes. Em seu ‘Instagram’, o brasileiro agradeceu ao apoio que tem recebido dos fãs e garantiu foco total na carreira para o próximo compromisso.

Veja Também

Colby Covington se oferece para enfrentar Tyron Woodley neste sábado
Dana White confirma que não vai cancelar cards em função do coronavírus: ‘Vamos encontrar um jeito’
Por coronavírus, Leon Edwards se recusa a lutar no UFC Londres e Gilbert Durinho pede para substituí-lo

“E aí, galera. Cheguei no Rio (de Janeiro). Vou descansar um pouquinho, voltar a treinar wrestling, defesa de queda e ninguém vai me parar, não. Lutei três rounds, estou bem. Vou ver onde estão meus erros, onde vou melhorar e vida que segue. Dois sobem e só um que sai ganhador. É assim que funciona. Vamos treinar mais e ficar mais forte. Obrigado para todos que me apoiam de verdade e confiam em mim. Ainda vou chegar lá. Vou focar 100% na minha carreira. Na próxima, se não tiver nenhum errinho, vai ser vitória e aí, vitória até chegar no cinturão”, finalizou.

Contra Krylov, Walker novamente não conseguiu impôr sua agressividade que o tornou conhecido dentro da organização. O lutador de Belford Roxo (RJ) acabou sendo presa fácil das tentativas de queda e luta agarrada de seu adversário.

Durante três rounds, Johnny atuou se defendendo das investidas do oponente e acabou se cansando depois de 15 minutos de peleja.

Com mais um resultado negativo, o brasileiro chegou a duas derrotas em sequência. Walker, no entanto, carrega a fama de ter três vitórias imponentes em seus primeiros compromissos pela companhia.

Atualmente, Johnny tem 27 anos e soma 22 combates em seu cartel profissional. Ao todo são 17 triunfos e cinco reveses.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments