Vitor Belfort desafia Wanderlei Silva para luta em nova modalidade: ‘Boxe Martial Art’

‘Fenômeno’ se diz disposto a reeditar duelo contra lenda brasileira, mas rejeita combate sem luvas

V. Belfort (esq.) aceita enfrentar W. Silva (dir.), mas com luvas. Foto: Montagem SL/MMA Press

Conhecido mundialmente como grande atleta de MMA, Vitor Belfort reacendeu a esperança de quem gostaria de vê-lo reeditar o confronto contra Wanderlei Silva, a quem venceu em 1998. O ‘Fenômeno’, que havia sido desafiado por ‘Wand’ no ano passado para um confronto de ‘boxe sem luvas’, afirmou que tem interesse no confronto, no entanto, dentro de uma modalidade que está criando. O carioca falou sobre os planos em entrevista ao ‘Ag.Fight’.

Veja Também

Justin Gaethje critica UFC por incluí-lo no evento de 9 de maio sem avisá-lo: ‘Não fiquei feliz’
Figueiredo esboça data para revanche contra Benavidez e sugere vitória por finalização
UFC 249 vai acontecer em Jacksonville, na Flórida, diz site

“O Wanderlei, como um cara que é um expoente muito importante, ele devia ser o primeiro a entender que o ‘boxe sem luvas’ é a pornografia da luta hoje em dia. Não tem por que a gente fazer isso”, disse Belfort, explicando o motivo de não topar encarar o ‘Cachorro Louco’ no desafio proposto.

Vitor, porém, está longe de ‘correr da raia’ contra seu antigo rival. O atleta de 43 anos sugeriu um compromisso em uma nova modalidade que está sendo criada pelo brasileiro, que mistura boxe e artes marciais mistas.

“Na realidade, o que eu estou criando, que é o Boxe Martial Arts, ele vai ter uma luva pequena, onde os dedos não vão entrar nos olhos, onde vai haver uma proteção. Não é aquela coisa sangrenta, não tem muito corte. Até porque eu acho que o Wanderlei está com uma idade que ele não precisa mais disso. Ele precisa criar algo que ele possa deixar como legado para a próxima geração. A gente vai regredir? Vai andar para trás? Vamos andar para frente, trazer algo que os patrocinadores possam estar com a gente, as grandes empresas. Pode ter uma união entre o boxe e o MMA. Ele está mais do que convidado para fazer essa luta comigo”, esclareceu o ‘Fenômeno’.

Com grandes histórias construídas no mundo das lutas, Vitor e Wanderlei foram dois dos grandes responsáveis por difundir tanto o antigo ‘vale tudo’ quanto o MMA, não só no Brasil, mas no mundo todo. Um confronto entre ambos poderia animar os ânimos dos mais nostálgicos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments