UFC negocia luta entre Raphael Assunção e Cody Garbrandt para 6 de junho

Sem definir local, Ultimate planeja embate entre e brasileiro e norte-americano, que disputam um lugar como desafiantes ao cinturão no futuro

R. Assunção (esq.) pode retornar ao octógono contra C. Garbrandt (dir.) em junho. Foto: Montagem SL/MMA Press

Depois de anunciar o retorno de suas atividades, o Ultimate, agora, volta a negociar lutas para seus cards futuros. Um dos embates planejados é o encontro entre Cody Garbrandt e Raphael Assunção, que deve acontecer em 6 de junho, ainda sem local definido. A informação foi divulgada pelo ‘MMA Fighting’.

Veja Também

Dana White justifica chance de cinturão para Dominick Cruz: ‘Ainda é um dos melhores’
Batalhas de UFC 249 em tempo de Covid-19
UFC remarca Glover Teixeira x Anthony Smith como atração principal do Fight Night de 13 de maio

Esta não é a primeira vez que a peleja entre o norte-americano e o brasileiro é programada. Os dois estavam escalados para trocar forças em um combate que seria realizado em 28 de março. No entanto, Garbrandt acabou deixando o combate após apresentar problemas nos rins durante o período de corte de peso. O card, porém, não chegou a acontecer em função da pandemia do coronavírus.

Vindo de derrotas para Cory Sandhagen e Marlon Moraes, Assunção, hoje, ocupa o quinto lugar no ranking dos galos (até 61,2kg.). O brasileiro, que já foi considerado um dos favoritos para lutar pelo título da divisão, precisa vencer para retornar ao radar da companhia.

Ex-campeão da divisão, Cody vive um momento de instabilidade dentro do UFC. Responsável por encerrar o reinado de Dominick Cruz, em 2016, o atleta viu sua carreira ser abalada após perder o título para seu grande rival e ex-companheiro de equipe, TJ Dillashaw, em 2017. O norte-americano acabou derrotado na revanche, realizada no ano seguinte e ainda amargou um novo revés quando enfrentou Pedro Munhoz, em março do ano passado.

Longe de seu melhor momento, Garbrandt afirmou que pode migrar para a categoria dos moscas (até 56,7kg.) no futuro. O combatente busca se reinventar no esporte e voltar a realizar grandes apresentações aos fãs. Ex-número um do grupo, o norte-americano, hoje, se encontra na nona posição do ranking da divisão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments