Júnior Cigano revela sonho de descer aos meio-pesados para enfrentar Jon Jones

Ex-campeão do UFC, brasileiro confirma admiração por norte-americano e não descarta mudança de divisão para confronto específico

J. Cigano aparece bem mais leve em foto publicada em redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram @juniorcigano

Um dos grandes nomes da história dos pesos pesados (até 120,2kg.) do UFC, Júnior Cigano surpreendeu ao afirmar que poderia mudar descer de categoria para enfrentar Jon Jones antes da aposentadoria. Após adotar uma nova dieta e se apresentar visivelmente mais leve em uma fotografia publicada nas redes sociais, o brasileiro confirmou que sonha em se testar contra um dos melhores atletas da história do MMA.

Veja Também

Borrachinha provoca Adesanya e mira em luta contra Jon Jones nos meio-pesados
Dana White elege Wanderlei Silva como um dos melhores lutadores sem o cinturão do UFC
Gilbert Durinho dispara contra Woodley após ex-campeão se negar a enfrentá-lo: ‘Perdeu meu respeito’
Última semana sem lutas no UFC, relembre momentos marcantes de 2019 e 2020 antes de maratona de eventos

“Minha maior curiosidade de um dia bater 93kg. não é saber como eu me sentiria no peso, mas parar ter a oportunidade de enfrentar um dos melhores do momento, Jon Jones”. afirmou o catarinense em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Sem esconder a admiração que carrega pelo norte-americano, Júnior revelou que um confronto contra ‘Bones’ seria uma realização pessoal dentro de sua carreira vitoriosa.

“Quem não gostaria de lutar contra Jon Jones um dia? Eu não sou diferente. Um dos objetivos antes de encerrar minha carreira seria enfrentar Jon Jones. Mas isso é parte dos planos, meus sonhos. Vamos ver como as coisas vão caminhar”, contou o brasileiro.

Cigano, porém, entende que o processo de perda de peso seria complexo, já que o combatente vem atuando com mais de 100kg. há muitos anos. O feito, então, deveria ser conquistado sob severo acompanhamento profissional.

“Eu teria que sentar com meus médicos, fazer um plano, uma estratégia. Obviamente eu precisaria de um pouco mais de tempo para chegar no peso bem, mas a gente conseguiria fazer acontecer”, finalizou.

Campeão dos pesados do UFC entre 2011 e 2012, Cigano vive um momento instável na carreira. Apesar de ainda ser um dos grandes nomes da sua categoria atual, o brasileiro vem de dois reveses consecutivos.

Em sua última apresentação, o catarinense foi batido por Curtis Blaydes por nocaute na luta principal do UFC Raleigh, em janeiro deste ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ednei
3 meses atrás

Tem gente que gosta de apanhar, Júnior Cigano é simplesmente ridículo, teve um bom momento na carreira na época em que ganhou a luta do Velasques, depois disso foi ladeira abaixo. Atualmente é saco de pancada e escada para lutadores que querem subir no ranking, ele deveria encerrar a carreira o quanto antes, ex-lutador em atividade.

Heitor AF
Heitor AF
3 meses atrás

Não dura 30 segundos, mas ta bom, pra ganhar uma grana, tá valendo.

amarildo reis silva
3 meses atrás

Não vai ser um sonho será um pesadelo Jim Jones vai matar eke

Cícero Luis da Silva
Cícero Luis da Silva
3 meses atrás

O Cigano realmente virou saco de pancadas,falam do box dele, mas nunca vi um boxer lutar com a guarda baixa o tempo todo, aliás ele não tem guarda, não tem postura de boxer.Ganhou do Velásquez porque foi uma sorte,um único golpe, não teve luta.Nem ele acreditou,basta ver na comemoração, tanto que nas outras duas lutas foi um massacre.Agora, mesmo sendo ruim, se ele descer e mantiver a mão pesada, tem chance,afinal o peso da mão é diferente, ocorre que ,sabendo disso, Jones levaria a luta para o chão , não iria arriscar.E outra, Jones perdeu para Reis e só não… Read more »

Cícero Luis da Silva
Cícero Luis da Silva
3 meses atrás

Só não perdeu para o marreta porque o marreta lutou como fã.

Clayton Cordeiro de Faria
Clayton Cordeiro de Faria
3 meses atrás

Olha não sei não, de todas as lutas que assisti do Cigano ele só ganhou uma, e aqui para nós o cara é muito desajeitado, quando bate não tem noção de espaço, só sabe bater de um jeito, e quando é agredido não consegue se defender, é melhor continuar pegando esses galinhas mortas, vai fazer feio diante do Jones.

Marcos de Oliveira
Marcos de Oliveira
3 meses atrás

Pra começo de conversa, Jon Jones tinha que ser banido do esporte ( em respeito aos que levam ao pé da letra a palavra: atleta e todas as suas prerrogativas) consagrando assim ele mesmo como seu grande adversário! Quanto ao Júnior Cigano salve o que ainda resta e vá ser feliz como empresário quando tudo isso acabar.