UFC encaminha luta entre Gilbert Durinho e Tyron Woodley para evento de 23 de maio

Brasileiro pode receber a aguardada chance de enfrentar ex-campeão dos meio-médios em card na Flórida

G. Durinho (dir.) e T. Woodley (esq.) podem fazer a luta principal de evento em 23 de maio. Foto: Reprodução/Instagram @gilbert_burns

Em grande fase no UFC, Gilbert Durinho pode receber a oportunidade de enfrentar o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.), Tyron Woodley, no evento que acontecerá em 23 de maio, em Jacksonville (EUA). Após muitas investidas em uma luta contra o norte-americano, o presidente da organização, Dana White, afirmou que o brasileiro é o oponente favorito para atuar no retorno do antigo número um ao octógono.

Veja Também

Miocic rejeita desafio de DC para agosto e é criticado por Dana: ‘A luta não vai estar lá para sempre’
Dana White garante que ‘segurança’ vai ser a prioridade no retorno do UFC: ‘Não quero morrer’
Edson Barboza explica motivo de ter pedido para ser dispensado do UFC: ‘Eu queria lutar’

“Antes de eu chegar para a entrevista, eu recebi uma mensagem do Woodley que dizia: ‘Estou procurando por Sean (Shelby, responsável por agendar lutas no UFC). Eu quero assinar o contrato agora. Quero lutar no dia 23’. Isso foi o que ele me disse. Então, vamos ver o que acontece. ‘Burns’ (Durinho) é o oponente que estamos buscando”, disse White em entrevista ao podcast ‘UFC Unfiltered’.

Em suas redes sociais, o noteroiense já havia confirmado que a organização oficializou o convite para o confronto contra o norte-americano. Resta, então, Tyron assinar o contrato para que o confronto aconteça.

“A luta foi oferecida. Luta principal de 23 de maio. Já falei que sim. Esperando o oponente confirmar e o contrato”, escreveu o brasileiro.

Desde que voltou a atuar como meio-médio, Durinho vem se mostrando um grande candidato a uma disputa de cinturão em um futuro próximo. O brasileiro vem de três grandes vitórias na carreira e já ocupa a sexta posição no ranking da categoria.

Além do momento espetacular na carreira, Gilbert também tem se destacado por ser solícito à organização e se dispôr para atuar sempre que há uma baixa em algum evento. Caso o confronto seja confirmado e Durinho vença Woodley, o atleta chegará de vez ao topo da categoria e se aproximará ainda mais de um confronto pelo cinturão.

Tyron não atua desde que perdeu o título da divisão no confronto contra Kamaru Usman, em março do ano passado. O norte-americano, no entanto, vem afirmando o desejo de retomar a condição de campeão e reforçando sua vontade de lutar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments