Dana White avalia superluta entre Jon Jones e Francis Ngannou: ‘Tudo é possível’

Presidente do Ultimate fala sobre acordo verbal entre norte-americano e franco-camaronês para confronto e não descarta promover a peleja

D. White em coletiva de imprensa do UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

O que começou com uma troca de mensagens despretensiosas pode se tornar realidade. Depois de Jon Jones e Francis Ngannou agitarem os fãs ao selarem um acordo verbal para um confronto, o presidente do Ultimate, Dana White, não descartou a possibilidade. Em coletiva realizada após o UFC Overeem x Harris, neste sábado (16), em Jacksonville, o ‘chefão’ falou sobre o assunto.

Veja Também

Dana elogia Edson Barboza nos penas e discorda de juízes na derrota do brasileiro
Após vencer Harris em seu aniversário de 40 anos, Overeem diz que ainda sonha com cinturão do UFC
Batalha entre Song Yadong e Marlon Vera fatura bônus de ‘Luta da Noite’ no UFC Overeem x Harris

“Tudo é possível. Quero dizer, eu não sei se aqueles caras realmente querem a luta, entende? Mas deixe eu falar, eu não sei se é o caso dos dois, mas você vê muitas conversas online, mas promover lutas é um jogo totalmente diferente”, afirmou o mandatário.

Nesta semana, Jones surpreendeu o mundo do MMA ao afirmar que aceitaria um confronto contra um dos homens mais temidos da organização. Em uma publicação no Twitter, o atleta falou que, pelo dinheiro certo, aceitaria subir de divisão para se testar contra Ngannou, que recentemente atropelou o promissor Jairzinho Rozenstruik no UFC 249.

Aos saber da investida do campeão dos meio-pesados (atpe 93kg.), Francis não demorou para responder positivamente e se mostrou aberto para a superluta.

Não é de hoje que ‘Bones’ manifesta seu interesse em subir de categoria para se provar entre os mais pesados da organização. No ano passado, o lutador tornou pública sua insatisfação com sua divisão por não apresentar grandes desafios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments