Jon Jones ameaça pausa na carreira após indiferença do UFC em promover luta contra Ngannou

Campeão meio-pesado se irrita com organização e afirma que se sente desrespeitado com o descaso da empresa após anos de serviços prestados

J. Jones (foto) volta a sugerir pausa na carreira. Foto: Reprodução/Instagram @jonnybones

Depois de agitar os fãs ao sugerir uma luta contra Francis Ngannou, Jon Jones acabou frustrando as expectativas dos entusiastas de MMA ao dizer publicamente que a superluta não é de interesse do Ultimate. Em uma rede social, o campeão dos meio-pesados (até 93kg.) afirma que a organização tratou o possível confronto com indiferença e ameaçou dar uma pausa na carreira por até dois anos.

Veja Também

UFC marca revanche entre Deiveson Figueiredo e Joseph Benavidez para 18 de julho, diz site
Belfort sugere revanche contra Anderson Silva em ‘cruzamento’ entre ONE e UFC
Ex-campeão do UFC acredita que McGregor venceria Gaethje em eventual confronto

Após uma sequência de publicações, ‘Bones’ deixou claro que seu desejo para o próximo compromisso é um confronto milionário contra o ‘gigante’ dos pesados (até 120,2kg.), que recentemente apoiou a causa e entrou na ‘briga’ para fazer o espetáculo acontecer. Após ter os planos frustrados, Jon manifestou sua insatisfação com a diretoria do UFC.

“Antes mesmo de discutir valores, o Ultimate não estava interessado em pagar pela luta contra Francis ou que eu subisse para os pesados.

Em um dado momento, um fã questionou o campeão se o lado seria mais importante do que sua trajetória dentro do esporte. ‘Bones’, então, não se esquivou e deu uma pronta resposta ao seguidor.

“Honestamente, não. Não neste ponto da minha carreira. Eu poderia me aposentar hoje. Eu já fiz meu trabalho e dei à esta empresa mais de uma década de entretenimento”, escreveu.

Após ter os planos frustrados, Jones ameaçou, sugerindo uma pausa na carreira como atleta do MMA. O atleta falou em tom de despedida e seguiu demonstrando sua insatisfação.

“Foi divertido. Talvez eu veja vocês em um ano ou dois. Talvez quando eles estiverem prontos para fazer negócios melhores, eu volte”, publicou o campeão.

O desejo de Jon em enfrentar Ngannou começou depois da grande vitória do franco-camaronês sobre Jairzinho Rozenstruik, no UFC 249 e de ver Ovince St. Preux – um meio-pesado de origem – enfrentando Ben Rothwell de igual para igual entre os pesados, no último dia 13. Após assistir às lutas, ‘Bones’ afirmou que poderia se sair bem na divisão de cima e sugeriu um confronto contra Francis. A partir daí, os fãs do esporte e os atletas envolvidos se empolgaram com a possibilidade de um confronto histórico.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário