Dana White alfineta Jones e aumenta crise com campeão: ‘Não vai ganhar US$30 milhões’

Presidente do UFC descarta possibilidade de aumentar consideravelmente os ganhos do norte-americano na empresa e critica trajetória de atleta no esporte

D. White em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

A ‘disputa de verdades’ entre o presidente do UFC, Dana White e o campeão meio-pesado (até 93kg.), Jon Jones, está ganhando cada vez mais audiência após cada declaração das partes. Depois de tornar público que ‘Bones’ pediu uma quantia exorbitante para enfrentar Francis Ngannou e foi contestado pelo atleta, o ‘chefão’ voltou a falar sobre a lenda do esporte e criticou a trajetória do ícone no esporte.

Veja Também

Kamaru Usman elogia show de Gilbert Durinho sobre Tyron Woodley: ‘Performance incrível, amigo’
Revoltado com o UFC, Jon Jones afirma que vai abrir mão de cinturão dos meio-pesados: ‘Bones está fora’
Próximo do cinturão, Durinho não descarta enfrentar outros adversários e crava: ‘Estou pronto para julho’

“Em quem vocês acreditam? Depende de vocês. O que eu ganho mentindo? Por que eu mentiria? Não importa. Ele (Jones) está nervoso agora. Jon teve uma boa conversa com meu advogado, eles têm uma boa relação, mas é assim mesmo. Eu realmente não me importo, para ser sincero. Eu e Jon Jones sempre fomos assim, sempre olho para o que Jon Jones poderia ter sido. Ele poderia ter sido o LeBron James (astro da NBA) deste esporte, poderia ter sido literalmente tão grande assim. Ele exigir 15 milhões, 20 milhões, 30 milhões (de dólares) é loucura. Ele pode dizer o que quiser publicamente, é seu direito aqui na América”, disse o mandatário em coletiva após o UFC Woodley x Durinho, no último sábado (30).

Mesmo reconhecendo que está falando de um dos melhores lutadores de todos os tempos, Dana afirmou que tem provas de que a conversa com Jon passou por valores. A pedida do norte-americano, então, assustou os promotores e fizeram com que seu desejo fosse logo descartado

“Ser o maior de todos os tempos não significa que você vai ganhar US$30 milhões. Ser capaz de vender faz isso. Jon Jones fez muito estrago a si mesmo, e num dos ‘tweets’ ele veio dizer que eu manchei a imagem dele. Eu manchei? Você fez isso a si mesmo. Meu advogado lhe disse: ‘Posso mostrar para você os números’, e ele respondeu: ‘Não me importo quais são os números. Eu quero o que eu quero e é assim’. Não é assim que funciona. Por que vocês não voltam e dizem para seus chefes ‘não me importa o quanto essa empresa ganhe, quero este salário’. Vamos ver se isso dá certo”, finalizou.

Após a fala de White, Jones retornou às redes sociais e sugeriu que vai abandonar o posto de campeão da organização. Além da declaração, o atleta, inclusive, ‘escalou’ Jan Blachowicz e Dominick Reyes para atuarem na definição do novo número um.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments