Sem luta marcada, Marlon Moraes pede para enfrentar Dominick Cruz: ‘Não ligo para o ranking’

Brasileiro exalta ex-campeão e afirma que confronto vale a pena, já que norte-americano disputou o cinturão recentemente

M, Moraes (foto) em vitória pelo UFC. Foto: Instagram @ufcmorae

Sem adversário desde que Petr Yan foi promovido para disputar o cinturão vago dos galos (até 61,2kg.) junto a José Aldo, Marlon Moraes busca um novo compromisso pelo UFC. Na ânsia de encontrar um adversário que valha a pena, o atleta mirou um confronto contra o ex-campeão da divisão, Dominick Cruz para seu próximo desafio.

Veja Também

A uma luta do fim de contrato com o UFC, Rafael dos Anjos cita possíveis adversários
Covington provoca Woodley após derrota para Durinho: ‘Sabia que estava acabado’
Stipe Miocic dá resposta dura em fã que questionou publicação antirracismo

“Eu tenho muito respeito por ele (Dominick). Na minha opinião, ele é um dos melhores de todos os tempos. O momento é perfeito. Ele acabou de perder em uma luta pelo cinturão. Todos querem enfrentá-lo. Eu pensei que eles o colocariam para enfrentar Aldo, mas ele está sem adversário e disse que não quer se aposentar”, disse o friburguense em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Mesmo com Cruz vindo de duas derrotas consecutivas, Moraes entende que um confronto contra o ex-campeão pode impulsionar ainda mais sua carreira, já que todos os atletas da elite da categoria têm compromissos marcados neste momento.

“Eu sou o número um (no ranking). Se eu vou arriscar esse posto, por que não arriscar contra um cara como ele? Espero que ele aceite. Se ele não topar, vou enfrentar qualquer outro, mas espero que aceite. É uma grande luta e colocaria um de nós em boa posição”, explicou Marlon.

O brasileiro também comentou sobre o fato de, apesar de se tratar de um ex-campeão e uma lenda dentro dos galos, figurar na 11ª posição no ranking, 10 atrás do friburguense. Moraes, no entanto, entende que o histórico de Dominick fala por si só e a oportunidade de trocar forças contra um ícone fala mais alto.

“Eu não me importo com o ranking. É Dominick Cruz que está lá. Quero enfrentá-lo. Faz muito sentido. Coloque a gente junto e vai ser um grande espetáculo. Vou lá para vencer”, finalizou.

Marlon não atua desde que derrotou José Aldo na estreia do manauara entre os atletas de 61kg, em dezembro do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments