Lyoto e Shogun nocauteiam no UFC on FOX 4

Atletas brasileiros brilham em evento transmitido em TV aberta nos EUA

Festa brasileira no UFC on FOX 4! Os brasileiros Mauricio Shogun e Lyoto Machida entraram no octógono montado no Staples Center, em Los Angeles, nos Estados Unidos, com a responsabilidade de vencer e proporcionar um grande espetáculo para terem uma nova oportunidade de disputar o cinturão dos meio-pesados. E os atletas tupiniquins não decepcionaram e fizeram bonito para o público que acompanhou o combate em TV aberta no solo americano. Na luta principal da noite, Shogun travou uma dura batalha com Brandon Vera e nocauteou o adversário no quarto round. Já no segundo duelo mais aguardado do show, Lyoto também fez bonito e nocauteou Ryan Bader no segundo assalto.

Para completar a festa brasileira, os atletas locais do card preliminar também fizeram bonito. O brasiliense Rani Yahya finalizou Josh Grispi com um belo estrangulamento norte-sul, enquanto Wagner Caldeirão estreava bem, mas após sofrer com um dedo no olho aplicado por Phil Davis, não teve condições de luta e o duelo foi considerado No Contest (Sem Resultado).

Shogun sofre, mas bate Vera
Foi mais sofrido que o esperado, mas Mauricio Shogun mostrou muita vontade e já conhecida trocação para derrotar um valente Brandon Vera na luta principal do UFC on FOX 4. O brasileiro começou melhor, encurtando a distância e levando a disputa para o solo, de onde conseguiu evoluir posição e aplicar alguns golpes por cima.

Mas na retomada da luta em pé, o norte-americano aplicou dois potentes chutes altos, que mesmo defendidos, fizeram o brasileiro sentir. O combate seguiu com bons golpes em pé de ambos os lados.

No segundo round Shogun começou com tudo, pressionando Brandon contra as grandes e aplicando potentes socos e joelhadas a partir do clinch do Muay Thai, quase nocauteando o adversário. Porém, na metade final do assalto, o brasileiro demonstrava um inesperado cansaço e ainda sofreu alguns duros golpes, inclusive sofrendo uma queda e terminando a parcial por baixo. A história se repetiu no terceiro assalto. Shogun começava melhor, mas diminuía o ritmo e acabava sofrendo o troco do norte-americano, porém dessa vez, o brasileiro derrubou e ficou por cima, trabalhando algumas posições de solo.

Já no quarto round, a história mudou. Depois de um início mais cauteloso dos dois lutadores, devido ao cansaço apresentado por ambos, Shogun conseguiu encaixar uma sequência de socos que levou Vera ao solo. Dessa vez, sem perder tempo, Mauricio encaixou vários golpes por cima e forçou o árbitro a interromper a disputa e decretar o nocaute técnico.

Lyoto espelha Anderson e nocauteia Bader
Durante a promoção do UFC on FOX 4, Lyoto Machida anunciou que apresentaria uma surpresa no combate e cumpriu a promessa. O brasileiro mostrou a tradicional velocidade de entrada com a base do caratê, mas usou o trabalho de fintas com os braços semelhante ao aplicado por Anderson Silva. E essa movimentação confundiu Ryan Bader durante toda a disputa.

No primeiro round, o norte-americano não conseguiu conectar nenhum golpe, com Machida usando as esquivas laterais para sair do raio de ação. Já no segundo assalto veio o desfecho com chave de ouro.

Após uma entrada de combinação de socos de Bader, Lyoto fez a defesa e, em um rápido contra-golpe, aplicou um golpe de encontro que levou norte-americano ao chão, praticamente nocauteado. O brasileiro ainda aplicou mais dois golpes no solo até o árbitro interromper a disputa.

Confira abaixo os resultados completos do evento:

Card Principal

Mauricio Shogun derrotou Brandon Vera por nocaute técnico no R4;
Lyoto Machida derrotou Ryan Bader por nocaute no R2;
Joe Lauzon finalizou Jamie Varner com um triângulo no R3;
Mike Swick derrotou DaMarques Johnson por nocaute no R2;

Card Preliminar

Nam Phan derrotou Cole Miller na decisão dividida dos juízes;
Phil Davis vs. Wagner Prado terminou em No Contest (dedo no olho acidental) no R1;
Rani Yahya finalizou Josh Grispi com um estrangulamento norte-sul no R1;
Phil De Fries finalizou Oli Thompson via com um mata-leão no R2;
Manny Gamburyan derrotou Michihiro Omigawa na decisão unânime dos juízes;
John Moraga derrotou Ulysses Gomez por nocaute no R1.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Bira
Bira
8 anos atrás

Sou fã do Shogun mas ele só não perdeu, porque Vera não acreditou. Qualquer outro oponente da categoria teria arrasado no primeiro round. Foi decepcionante a performance para um Main Event, e mais, de um ex-campeão de Pride e UFC. Vale lembrar que o treinador do Shogun (André Dida), é o mesmo que treinou Wanderlei Silva, que também se entregou por conta do cansaço (UFC BH). Também treinou outros, que (coincidentemente) só perderam. Há de falar também que Shogun parecia “desanimado” nas coletivas de imprensa e nas fotos oficiais do UFC, mesmo antes do evento. Maurício é um atleta do… Read more »