Dustin Poirier vence Dan Hooker em luta emocionante no UFC Las Vegas 4

Norte-americano e neozelandês suprem expectativa e promovem um dos duelos mais empolgantes de 2020

D. Poirier em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Dustin Poirier e Dan Hooker supriram as expectativas na luta principal do UFC Las Vegas 4, realizado neste sábado (27). Em um confronto eletrizante, o norte-americano e o neozelandês trocaram forças por cinco rounds e, ao fim, os juízes oficializaram o Poirier como vencedor na decisão unânime (48-47, 49-46, 48-47).

Veja Também

VÍDEO: Assista a ‘luta do ano’ entre Dustin Poirier x Dan Hooker no UFC Las Vegas 4
Sem técnico, Mike Perry surpreende e derrota Mickey Gall por pontos no UFC Las Vegas 4
Philipe Lins sofre duro nocaute para Tanner Boser e segue sem vencer no Ultimate

O encontro entre Poirier e Hooker representava um casamento importante para a categoria dominada por Khabib Nurmagomedov. O embate marcava o retorno de Dustin ao octógono nove meses depois de ser derrotado pelo atual campeão no duelo pela unificação do título.

Para voltar a vencer, o norte-americano tinha a obrigação de interromper a boa fase de Dan, que vinha de três resultados positivos em sequência e não perdia desde dezembro de 2018. Embora tenha saído com o revés, o neozelandês vendeu caro a disputa.

Agora, o ‘Diamante’ vai esperar a luta entre Khabib Nurmagomedov e o campeão interino, Justin Gaethje. Atual número três no ranking, Dustin segue como um dos favoritos a uma luta pelo cinturão no futuro.

A luta

O duelo começou com os atletas arriscando chutes na linha de cintura .Hooker conectou um cruzado no rosto de Dustin, que tentava encontrar a distância. Dan seguia apostando nos chutes, enquanto Dustin buscava encontrar o melhor momento para atacar. O neozelandês seguia desferindo os ataques mais significativos e o norte-americano se defendia. Poirier apostou na luta agarrada e pressionava o oponente nas grades, mas Dan conseguiu escapar. No minuto final, os atletas partiram para a trocação franca. Os chutes baixos do neozelandês começavam a incomodar o norte-americano, que tentava, mas não conseguia se proteger. Os últimos segundos, os lutadores se encararam até que o cronômetro zerou.

No segundo assalto, Poirier começou em vantagem com uma sequência de socos que obrigaram o adversário a andar para trás. Hooker, no entanto, conseguiu responder com um jab e direto perigosos. Dan sentiu o bom momento e seguiu atacando o norte-americano. Dustin conseguiu se desvencilhar, mas o momento não era favorável. Na metade do round, os atletas pareciam economizar mais nos ataques para não serem surpreendidos pela exaustão. Aos poucos, o norte-americano começou a soltar seu boxe e começava a magoar o rosto do neozelandês. Nos seguundos finais, o s combatentes voltaram para a trocação franca com vantagem para Dan. Percebendo o mau momento, Poirier tentou levar o confronto para o chão, mas a investida foi defendida. Hooker conquistou uma sequência de socos e chutes em Dustin e quase levou o adversário a nocaute, mas o norte-americano foi salvo pelo gongo.

O terceiro round começou com Dan tentando acuar Poirier, que havia sido castigado no final da etapa anterior. Mesmo em desvantagem, o norte-americano seguia perigoso na trocação, mas Hooker se mostrava atento. Conforme os minutos passavam, os pesos leves mostravam muita resistência. Na metade do assalto, Dan conseguiu uma queda, mas quase foi surpreendido com uma guilhotina. No chão, o neozelandês golpeava o rival de cima para baixo. Dustin tentava encontrar uma finalização, mas o oponente mostrava muita concentração. No minuto final, Dustin conseguiu se levantar e conseguiu atacar o oponente com um direto e um cruzado que balançaram Dan.

A quarta etapa começou com Poirier tomando a iniciativa com dois diretos no rosto de Dan. Os atletas se mostravam mais cansados e apresentavam alguns ferimentos nos rostos. Hooker conseguiu derrubar o norte-americano, que se levantou, mas acabou cedendo as costas para o adversário. O neozelandês tentava buscar uma finalização. Dustin conseguiu se levantar e devolveu a queda no rival. Dustin começava a atacar o oponente e tentou uma chave de braço. Dan se defendia, mas o norte-americano insistia na pegada. O neozelandês conseguiu se desvencilhar, mas quase foi pego em uma guilhotina. Os lutadores trocaram socos no chão até que o assalto acabou.

No assalto final, mais cansados, os atletas economizavam nos ataques. Com um desafio muito equilibrado, cada movimento errado poderia resultar na perda da luta. Poirier tentava pontuar o máximo possível com jabs. O neozelandês tentava responder, mas já não tinha a mesma explosão de rounds anteriores. Dustin seguia mais perigoso e conectava socos limpos no rosto do oponente. Percebendo o mau momento, Dan conseguiu uma queda, mas o norte-americano conseguiu se levantar. No minuto final, Hooker seguia insistindo na queda, enquanto Dustin apostava na trocação. Poirier ensaiou uma finalização, mas não havia mais tempo.

Resultados do UFC Las Vegas 4

CARD PRINCIPAL

Peso leve (até 70,3kg.): Dustin Poirier derrotou Dan Hooker na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 48-46)

Peso meio-médio (até 77kg.): Mike Perry derrotou Mickey Gall na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Maurice Greene finalizou Gian Villante com um katagatame a 3m34s do R3

Peso médio (até 83,9kg.): Brendan Allen derrotou Kyle Daukaus na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Takashi Sato derrotou Jason Witt por nocaute a 48s do R1

Peso casado (até 68kg): Julian Erosa finalizou Sean Woodson com um estrangulamento japonês a 2m44s do R3

CARD PRELIMINAR

Peso leve (até 70,3kg.): Khama Worthy finalizou Luis Peña com uma guilhotina a 2m53s do R3

Peso pesado (até 120,2kg.): Tanner Boser derrotou Philipe Lins por nocaute a 2m41 do R1

Peso palha (até 52,1kg.): Kay Hansen finalizou Jinh Yu Frey com uma chave de braço a 2m26s do R3

Peso pena (até 65,2kg.): Youssef Zalal derrotou Jordan Griffin na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments