Marreta justifica motivo de aceitar luta com Glover Teixeira: ‘Não queria ficar parado’

Segundo brasileiro, imbróglio envolvendo Jon Jones e dúvidas sobre uma nova luta pelo título influenciaram na decisão de encarar compatriota em setembro

T. Marreta retornará ao octógono em setembro. Foto: Reprodução/Instagram

O Brasil ficou dividido após a notícia de que Thiago Marreta e Glover Teixeira trocarão forças em 12 de setembro, em local ainda não confirmado, pelo UFC. Depois de oficializar o confronto, Thiago esclareceu o motivo que o fez aceitar o desafio de enfrentar um compatriota. Marreta, no entanto, afirmou que não é nada pessoal e mostrou respeito ao mineiro.

Veja Também

Rose Namajunas aposta em evolução técnica para bater Jéssica Andrade: ‘Estou mais confiante’
Ultimate encaminha luta entre Mackenzie Dern e Randa Markos para 12 de setembro, diz site
Ben Askren pede créditos por ascensão de Masvidal no UFC: ‘Coloquei os holofotes nele’

“Estou há mais de um ano parado, já recuperado e com fome de lutar. Sempre fui um cara muito ativo, não gosto de ficar parado e a gente se colocou à disposição para lutar. Daí veio a pergunta do UFC, se eu lutaria com o Glover. (…) De pronto, eu respondi que sim. A gente é profissional (SIC). Tenho muito respeito pelo Glover, não só como lutador, mas como pessoa. Mas, da mesma maneira que ele pensa, eu também penso. A gente vai lá e fazer nosso trabalho”, declarou Thiago em entrevista ao ‘Portal do Vale Tudo’.

Na mesma conversa, Marreta deixou claro que enfrentar Teixeira não era sua primeira opção. Vindo de uma disputa de cinturão em seu último compromisso, a vontade do combatente da Cidade de Deus (RJ) era outra.

“A vontade era uma revanche com o (Jon) Jones ou até mesmo o cinturão interino contra o Dominick Reyes. Mas o UFC está com essa situação indefinida sobre o Jones”, explicou.

Thiago não se apresenta desde o fatídico encontro contra o atual campeão da categoria, quando chocou o mundo e, por pouco, não se tornou o novo dono do título. Na ocasião, o brasileiro acabou sofrendo lesões nos dois joelhos e precisou passar por cirurgias. Após os procedimentos, Marreta passou por um longo processo de recuperação.

Glover, por sua vez, realizou quatro apresentações entre janeiro do ano passado e maio desse ano, triunfando em todas as oportunidades. O mineiro vem de uma grande vitória sobre Anthony Smith, quando brutalizou o também ex-desafiante ao cinturão por quase cinco rounds, até conquistar o nocaute.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments