Empresário crava retorno de Khabib ao octógono ainda em 2020: 'Não se aposentou' | SUPER LUTAS

Empresário crava retorno de Khabib ao octógono ainda em 2020: ‘Não se aposentou’

Ali Abdelaziz confirma que morte de pai do russo não vai interromper a trajetória do campeão linear dos leves no MMA

K. Nurmagomedov em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução / Twitter @ufc

A morte trágica de Abdulmanap Nurmagomedov, vítima de complicações da COVID-19, certamente foi um baque na vida de Khabib. Afastado da mídia após o falecimento do pai, o russo ainda não se manifestou sobre o fato e segue indisponível para se apresentar. O empresário do atleta, Ali Abdelaziz, no entanto, confirmou que o combatente vai se apresentar ainda em 2020, no confronto contra Justin Gaethje, pela unificação do título dos leves (até 70,3kg.).

Veja Também

“Khabib não está se aposentando. Ele ainda tem objetivos, coisas que quer conquistar. Vocês vão vê-lo antes do fim do ano. Agora, ele, Dana e eu estamos conversando para determinar uma data. Tenho certeza que Dana vai deixar público que quando Khabib vai lutar”, afirmou Ali em entrevista ao ‘TMZ Sports’.

Responsável, também, por agenciar a carreira de Gaethje, Abdelaziz fala com empolgação sobre o confronto entre dois de seus mais importantes pupilos. O empresário falou sobre a expectativa de colocar frente a frente grandes atletas da atualidade.

“Temos uma luta principal de peso. Ele (Khabib) contra Justin Gaethje, dois dos melhores leves do mundo e da nova geração. Nós vimos o que Khabib faz contra seus adversários. Nós vimos o que Justin Gaethje fez com seus últimos quatro oponentes. Ele desmontou Tony Ferguson, fez com que ele parecesse um amador. Eles vão lutar”, afirmou.

Abdelaziz aproveitou a oportunidade para atualizar os fãs sobre a atual condição de Khabib, que teve a vida abalada pela morte de seu maior mentor. Segundo o agente, o momento é delicado, mas o russo vai conseguir superar a dificuldade.

“Khabib é uma raça diferente. Claro que seu coração está quebrado. É seu pai, seu mentor e melhor amigo. Mas, no fim, o pai de Khabib tinha um legado e queria que o filho cumprisse. Khabib é uma lenda viva e é disso que as lendas vivem. Eles surgem das adversidades, da morte, de muita coisa”, finalizou.

Antes da morte de Abdulmanap, o encontro entre Khabib e Justin estava sendo negociado para acontecer em 19 de setembro, pelo UFC 253. A fatalidade, no entanto, colocou as negociações em aberto. O presidente do Ultimate, Dana White, afirmou em algumas declarações recentes que pretende dar tempo para que o russo supere o trauma se sinta à vontade para retornar ao trabalho.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments