Aos 43 anos, Alexey Oleynik quer evitar cinco rounds contra Derrick Lewis: ‘Espero que acabe antes’

Protagonista do evento deste sábado junto ao norte-americano, russo espera confronto duro, mas que os 25 minutos não sejam necessários

A. Oleynik (foto) enfrenta D. Lewis no UFC Las Vegas 6. Foto: Reprodução/Twitter @oleynikufc

Com 43 anos e 70 lutas como profissional no MMA, Alexey Oleynik não quer saber de luta longa no seu confronto contra Derrick Lewis. Na última apresentação do UFC Las Vegas 6, que acontece neste sábado (8), nos Estados Unidos, o russo espera que consiga encerrar a disputa sem que a decisão vá para a análise dos juízes. Em entrevista ao ‘BJPenn.com’, o veterano falou sobre o assunto.

Veja Também

Dana projeta nova maratona de eventos na ‘Ilha da Luta’ para o segundo semestre
Deiveson Figueiredo explica motivo de rejeitar desafio de Cody Garbrandt em um primeiro momento
Vídeo: Derrick Lewis recebe refeição de rival por engano e cospe em comida antes de devolução

“Eu não gosto de cinco rounds. Cinco rounds para um peso pesado (até 120,2kg.) é muito difícil. Eu espero que acabe antes. Espero estar pronto para lutar em pé e no chão, vou estar pronto para tudo”, disse Alexey.

Embora a expectativa seja para que o duelo se encerre antes do último round, o experiente russo afirma que está pronto para qualquer situação que seja submetido contra Derrick.

“Só quero vencer, não importa se for por finalização ou qualquer outra coisa. Este é o meu objetivo. Pode ser finalização, nocaute, decisão, não importa”, explicou.

Ciente que vai enfrentar um atleta da elite da categoria, Alexey sabe que uma vitória sobre Lewis, que atualmente figura na quarta posição no grupo, o colocaria em um lugar de destaque na divisão. Pensando nisso, o russo faz questão de elogiar o rival e valorizar o encontro.

Derrick Lewis é um cara grande e tem um grande nome. Ele está muito bem ranqueado, é um cara legal e é uma boa luta para mim. Eu quero nomes legais, este é meu objetivo, não preciso de lutas fáceis ou de oponentes fáceis. Eu sempre peço por grandes nomes”, finalizou.

Oleynik estreou no MMA em novembro de 1996. Em toda a sua carreira, o russo disputou 73 embates, vencendo 59, perdendo 13 e com um empate. O russo vem de vitória sobre Fabrício Werdum no confronto que marcou o retorno do ex-campeão dos pesados ao octógono após mais de dois anos afastado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments