Renan Barão justifica fase ruim na carreira e fala sobre recomeço no Taura MMA

Ex-campeão dos galos do UFC, brasileiro celebra novo momento na vida e cita felicidade como ponto de partida para se recuperar

R. Barão atuará no Taura MMA a partir de novembro. Foto: Reprodução/Instagram

De casa nova, um dos principais nomes brasileiros na história do UFC, Renan Barão tem motivos de sobra para comemorar. O ex-campeão dos galos (até 61,2kg.) do Ultimate recentemente assinou contrato com o Taura MMA e espera retoma a boa fase na carreira. Sem vencer desde setembro de 2016, o potiguar falou sobre o mau momento e justificou o retrospecto recente negativo.

Veja Também

Último rival de Léo Santos, Roman Bogatov é demitido após golpes ilegais no brasileiro
Tyron Woodley confirma luta contra Colby Covington para 19 de setembro, no UFC 253
Luke Rockhold está disposto a retomar carreira e pode voltar ainda em 2020, diz site

“Foram muitos (fatores para a fase ruim). Um, de eu ficar longe da minha cidade, da minha família, das pessoas que eu amo. Não estava me deixando feliz. Eu fazia um excelente trabalho na equipe em que eu estava, mas não me sentia feliz, por não estar em um lugar perto da minha família, não me sentir confortável com isso. Acho que isso me prejudicava bastante. Dessa vez eu mudei. Vim para a minha cidade (Natal, RN), voltei para perto da minha família, das pessoas que me sinto feliz e confortável. E acho que subir no octógono agora vai ter uma grande diferença em comparação com as últimas vezes”, explicou o brasileiro em entrevista ao ‘Combate’.

Barão acabou dispensado do Ultimate no fim do ano passado após perder para Douglas D’Silva em uma das lutas do UFC São Paulo. O revés marcou o oitavo resultado negativo nas últimas 10 apresentações daquele que, um dia, foi considerado o melhor peso por peso da empresa.

Depois de mais de sete meses sem atuar profissionalmente, Barão recentemente anunciou seu mais novo acordo. O atleta é o mais novo contratado do Taura MMA, evento que tem investido pesado para recrutar nomes de peso e, assim, dar promover bons espetáculos para os fãs.

Com histórico de grande campeão, Renan entende que será cobrado, mas não vê sua trajetória no MMA como peso para as futuras performances. A ideia do potiguar é se divertir e fazer o que ama em alto nível.

“Não tenho obrigação nenhuma. É só entrar lá feliz, soltar o jogo, fazer o que tem que fazer e pronto. Não tem que entrar obrigado, não tem que levar essa pressão para o octógono. É chegar lá, mostrar meu trabalho e lutar. Esse é que é o grande objetivo. A gente sempre luta para vencer, mas não com essa obrigação de que tem que vencer a todo custo”, finalizou.

A estreia de Renan no Taura está marcada para acontecer em 21 de novembro. O brasileiro assinou um contrato de três lutas.

Atualmente, Barão tem 33 anos. O combatente, hoje, soma 44 apresentações como profissional no MMA, com 34 triunfos, nove reveses e uma luta sem resultado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments