Werdum quer enfrentar Fedor, mas decisão esbarra em chance de conquistar cinturão no ONE FC

Brasileiro confirma interesse em reeditar confronto contra russo no Bellator, mas oportunidade de tomar o título de Brandon Vera em organização asiática coloca futuro em dúvida

F. Werdum não sabe se vai para o Bellator ou ONE FC. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de uma passagem vitoriosa pelo UFC, Fabrício Werdum segue em alta no MMA. Desejado pelo Bellator e ONE FC, o brasileiro de 43 anos tem nas mãos duas grandes oportunidades para dar seguimento em sua carreira. Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o combatente falou que está dividido entre a chance de enfrentar Fedor Emelianenko ou buscar um novo cinturão na organização asiática.

Veja Também

Paulo Borrachinha promete matar Israel Adesanya no UFC 253
Dana confirma que luta contra Uriah Hall vai selar a aposentadoria de Anderson Silva
Vídeo: Filho de Wanderlei Silva, Thor estreia com vitória no boxe amador

“Estou esperando mais uma semana. Eu amo Scott Coker (presidente do Bellator), é um grande amigo meu. Ele me convidou para jantar. É um cara legal. Eu também amo o Bellator, mas estou dividido. Talvez ONE FC ou Bellator. Superluta contra Fedor ou ir para Brandon Vera”, disse o brasileiro.

Com o bom-humor de sempre, Werdum aproveitou para brincar sobre sua relação contra Vera, que ostenta o cinturão do ONE desde 2015, mas não defende o posto de campeão há mais de três anos. Fabrício e Brandon se enfrentaram em 2008, quando ainda atuavam pelo UFC. Na ocasião, o gaúcho saiu vitorioso com um nocaute no primeiro round.

“Brandon Vera é ‘meu filho’. Lembrem-se, eu o derrotei no passado. Certamente, ele tem medo. Quando eu for para o ONE FC, pego seu cinturão. Talvez nós nem tenhamos luta. Ele apenas me dá o cinturão. Por favor, apenas me dê o cinturão, Brandon Vera”, brincou o ‘Vai Cavalo’.

Werdum encerrou sua passagem pelo Ultimate em julho deste ano, quando fez a última luta de seu contrato. Ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) do UFC, Fabrício deixou a empresa com um grande resultado, quando finalizou Alexander Gustafsson em menos de três minutos, na estreia do sueco na categoria.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments