Werdum não confirma luta, mas garante que voltaria a vencer Fedor: ‘Finalizaria de novo’

Brasileiro evita cravar qual organização vai representar nos próximos compromissos, mas segue sem descartar nova luta com lenda russa, no Bellator

F. Werdum em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Com propostas do Bellator e ONE FC, Fabrício Werdum ainda não se decidiu sobre a empresa que irá representar em sua próxima apresentação. Em alta após vencer na sua última luta pelo UFC, em julho, o ex-campeão evita cravar qual será sua nova casa, mas confirma o interesse em reeditar sua luta histórica contra o lendário Fedor Emelianenko, ocorrida em 2010. O gaúcho, inclusive, fez previsão sobre o resultado.

Veja Também

Dana White confirma que Jon Jones vai estrear nos pesados com disputa de cinturão: ‘Ele está invicto’
Pedro Munhoz volta a reclamar dos juízes e pede a revanche contra Frankie Edgar
Darren Till aconselha Sean O’Malley: ‘Aceite a derrota e respeite quem o derrotou’

“Acredito que eu o finalize no primeiro round de novo. Vou finalizá-lo rápido, porque sou muito confiante. Quando estou treinado e minha mente está ‘ok’, eu faço. Essa é minha vida. Amo lutar. Respeito acima de tudo, mas acho que o derrotaria no primeiro round de novo”, afirmou o brasileiro, em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Mesmo com toda a confiança, Werdum não menospreza o possível adversário. O gaúcho sabe que, caso o confronto seja confirmado, terá pela frente um dos maiores representantes da história do esporte e isso não é algo que se possa ignorar.

“Eu respeito o Fedor há muito tempo. Nunca disse nada de ruim sobre ele na minha vida. Acredito que uma revanche com ele é marcante para o esporte. Quando o venci, em 2010, eu choquei o mundo e, talvez eu choque novamente”, disse Fabrício, antes de completar: “Ele disse que queria a revanche e eu gostei da ideia. Ele nunca me provocou. Na minha opinião, ele é o melhor do mundo”, finalizou.

Embora flerte com a chance de enfrentar Emelianenko, Werdum afirmou recentemente que também vê com bons olhos a possibilidade de integrar o corpo de atletas do ONE FC. Segundo o brasileiro, a oportunidade de conquistar o cinturão dos pesado, que hoje pertence a Brandon Vera (derrotado pelo gaúcho em 2008), pode influenciar na decisão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments