Campeão peso pesado do PFL, Ali Isaev pede para ser liberado da organização

Com a empresa retornando apenas em 2021, lutador não deseja ficar parado e deu um ultimato à companhia, caso não lute

Campeão da PFL, A. Isaev (dir.) ameaça deixar a organização. Foto: Reprodução/Instagram

A pandemia de coronavírus que assolou o mundo em 2020 afetou todos os setores e o esporte não foi diferente. O UFC foi a primeira organização a voltar a atuar, respeitando o devido protocolo de prevenção, porém o PFL só irá retomar suas atividades em 2021 e isso gerou descontentamento em Ali Isaev, campeão do peso pesado (120,2kg). Ao site russo RT Sport, o atleta, de 36 anos e invicto no MMA, deu um ultimato, exigindo ser liberado de seu contrato, caso o PFL não lhe ofereça uma luta.

Veja Também

Stipe Miocic e Francis Ngannou analisam chances de Jon Jones no peso pesado
Confiante após vencer promessa, Marlon Vera afirma: ‘Vou aposentar José Aldo’
Atletas do Bellator respondem Dana White e Patrício Pitbull dispara: ‘Posso destruir seus melhores atletas’
Paulo Borrachinha promete matar Israel Adesanya no UFC 253

“Farei 37 anos em breve, por isso queria que o PFL me desse uma luta ou me liberasse para que eu pudesse lutar em outras organizações até o final do ano.Não posso esperar. Quero competir. O tempo passa e eu tenho que encontrar novas maneiras de impressionar para lutar contra os tops. O PFL me tornou conhecido e é uma companhia muito boa. Se me liberar, talvez eu volte no futuro. Comecei lá. Seria ótimo se pudesse entender minha situação. Preciso de estabilidade”, pediu Isaev.

Ao vencer o torneio dos pesados do PFL, o russo faturou um milhão de dólares, porém admitiu ser fã do UFC e gostaria de enfrentar os tops.

“É claro que eu adoraria lutar no UFC, se o PFL me liberar. Mesmo com a pandemia, há lutas acontecendo. As outras organizações não estão fazendo isso, porque não possuem os mesmos recursos do UFC. Só assisto o UFC. Eu adoraria enfrentar os melhores lutadores. Não sou exigente, lutaria contra qualquer um. Minha idade não me deixa escolher um oponente. Quando se é jovem, você tem que fazer as escolhas certas. Muitos estavam bem, mas apressaram as coisas e tropeçaram por tomar a decisão errada ou foram desaconselhados. Estou 9-0 e não preciso ganhar experiência. Só tenho que fazer meu trabalho”, finalizou.

Vale destacar que Ali Isaev é mais um russo da região do Daguestão, a mesma de Khabib Nurmagomedov. O peso pesado iniciou sua carreira no MMA em 2016, assinou com o PFL em 2019 e possui nove vitórias em nove lutas, sendo três por nocaute. O maior triunfo da carreira do wrestler foi justamente em sua última aparição, contra Jared Rosholt, ex-atleta do UFC, em dezembro de 2019.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments