Confiante após vencer promessa, Marlon Vera afirma: 'Vou aposentar José Aldo' | SUPER LUTAS

AO VIVO

SUPER LUTAS traz aquecimento para o UFC 266 e o 'migué' de Romero no Bellator

Confiante após vencer promessa, Marlon Vera afirma: ‘Vou aposentar José Aldo’

Embalado pela vitória diante de Sean O'Malley, no UFC 252, equatoriano Marlon Vera mira luta contra José Aldo para dar continuidade ao bom momento

M. Vera (foto) promete aposentar J. Aldo. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Marlon Vera chocou o mundo ao vencer Sean O’Malley no UFC 252, realizado no último dia 15. O equatoriano, que tirou a invencibilidade da promessa do peso galo (61,2kg), não pretende parar por aí. Visando dar continuidade ao bom momento, ‘Chito’ Vera desafiou uma lenda do mesmo continente: José Aldo.

Veja Também

Ao site norte-americano MMA Junkie, Vera informou que enfrentar o ‘Campeão do Povo’ o agrada e, caso o duelo seja confirmado, irá aposentar o brasileiro.

“Eu aposentaria Aldo em um minuto. Gosto dessa luta. Ela me empolga e é claro que aceitaria. Acabaria com ele”, prometeu Vera.

Por mais que tenha assistido as lutas do ex-campeão do peso pena (65,7kg), Vera o considera irrelevante.

“Assisti todas as lutas, mas não segui a carreira de Aldo. Não cheguei a gostar dele. Têm lutadores que gosto e outros que não me importo. Aldo é um dos que não me importam. Tenho certeza que ele é querido, mas alguns lutadores você, simplesmente, não gosta, não torce. Sabia que ele venceria os adversários que venceu e que perderia pra McGregor e Holloway. Ele é um grande lutador, só não me tornei um fanboy

Vera, que, pela primeira vez na carreira, esteve presente no segundo combate mais importante de um evento numerado, aproveitou bem a oportunidade e deseja repetir ou integrar a luta principal.

“Eu adoraria estar na luta principal e tenho gás para aguentar cinco rounds. Se o UFC me oferecer a mesma posição em um evento numerado, aceito também”, finalizou.

Ao surpreender Sean O’Malley, Marlon Vera se recuperou da polêmica derrota sofrida diante de Song Yadong. Anteriormente, o equatoriano havia vencido cinco lutas consecutivas, sendo todas pela via rápida (três nocautes e duas finalizações). Por outro lado, desde que trocou o peso pena pelo galo, José Aldo disputou dois combates e foi derrotado pelo campeão, Petr Yan, e Marlon Moraes.

Romero dominado no Bellator e aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments