Daniel Cormier pede para ser retirado de lista de testes da USADA e dos rankings do UFC

Norte-americano não deve mais ser testado pela Agência Antidoping dos Estados Unidos, o que confirma ainda mais a ideia de se aposentar

D. Cormier está definitivamente aposentado do MMA. Foto: Reprodução/Instagram

Aposentado desde a derrota no UFC 252, Daniel Cormier segue confirmando a vontade de deixar o esporte de forma definitiva. Segundo o presidente do Ultimate, Dana White, o ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg.) e pesados (até 120,2kg.), de 41 anos, solicitou que seu nome fosse retirado da lista de testes da USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) e dos rankings da organização.

Veja Também

Sincero, Daniel Cormier confirma aposentadoria e revela: ‘Não quis roubar o momento de Stipe Miocic’
Dana White confirma interesse na superluta entre Brock Lesnar e Jon Jones
Leon Edwards se irrita com revanche entre Jorge Masvidal e Nate Diaz; Santiago Ponzinibbio o desafia

“Ele nos disse hoje para tirá-lo da USADA e dos rankings. Não dá para ser mais oficial do que isso”, disse o ‘chefão’, em coletiva após a última edição do ‘Dana White’s Contender Series’.

Logo após ser batido por Stipe Miocic e ter perdido a chance de recuperar o cinturão dos pesados, Cormier afirmou que não tem interesse em seguir lutando por algo que não seja um cinturão. O pedido para ser excluído da lista de testes de antidoping torna mais do que clara a decisão do, agora, ex-lutador.

Oficialmente fora dos combates, Daniel seguirá como funcionário do Ultimate. Quando não está lutando, DC atua como comentarista da organização e permanecerá no posto.

“Eu tive um grande momento com ele, mas ele é um grande comentarista. Então, ele continuará por aqui e seguirá na companhia para sempre. Não é como se estivéssemos perdendo-o e nunca mais o veremos”, finalizou White.

Até o momento, Cormier segue nos rankings oficiais do UFC. Nos pesados, o combatente figura na terceira posição e o veterano também ocupa o sétimo lugar no grupo dos melhores peso por peso da empresa.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments