Bethe ‘Pitbull’ confirma acordo para luta de despedida no UFC: ‘Será minha última’

Brasileira enfrenta a chinesa Wu Yanan em 5 de dezembro, no confronto que deve selar a aposentadoria da paraibana do MMA

B. Pitbull confirma luta de despedida pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de muitos acharem que Bethe Correia, a ‘Pitbull’ estava oficialmente fora do Ultimate, uma surpresa. A brasileira confirmou que fará uma luta de despedida da organização que a projetou mundialmente para o MMA e selará seu adeus no esporte. A informação foi inicialmente divulgada pelo ‘Ag.Fight’ e confirmada pela paraibana em suas redes sociais.

Veja Também

Campeão do UFC, Kamaru Usman elogia Michel Pereira e espera grandes coisas dele: ‘Foi espetacular!’
Michel Pereira cumpre promessa e conquista bônus por ‘Performance da Noite’ após UFC Las Vegas 9
VÍDEO: Assista o show de Michel Perreira, o Paraense Voador, no UFC Las Vegas 9
IMAGEM FORTE: Golpes de Overeem deixam corte profundo no rosto de Augusto Sakai

“Só um lutador sabe a hora de parar e seguir outros rumos. Só́ um lutador e aliados sabem as verdades e as mentiras da mídia. Sim, está será́ minha última luta e não poderia ser em outro evento, somente e unicamente no UFC”, escreveu a brasileira.

Em tom de despedida, a atleta voltou a reafirmar sua importância dentro do MMA feminino. Bethe comentou sobre seu estilo particular, que lhe rendeu uma disputa do cinturão das galos (até 61,2kg.) da organização, em 2015.

“Tenho personalidade forte e ousada que marcou minha carreira e fortaleceu o MMA feminino com rivalidades. Fica meu legado de uma lutadora com ousadia, postura, apresentação e comemoração de forma única no mundo da luta. (…) Amada e odiada, e, no final, todos queriam assistir minhas lutas. Consegui recorde de ppv (pay-per-view) quem na época, por anos nenhum atingia, lutei com melhores e sempre gerava notícias. Sei que deixei minha marca e agora é hora da nova geração”, explicou a paraibana.

‘Pitbull’ havia feito sua última luta do contrato em 25 de julho, na ‘Ilha da Luta’. Na ocasião, a brasileira acabou perdendo para Pannie Kianzad. Agora, com o novo acordo, Bethe retornará ao octógono contra Wu Yanan, que tem três apresentações pelo Ultimate, com duas derrotas e um revés.

Na luta que encerra sua trajetória vitoriosa no MMA, Correia, de 37 anos, deixará o esporte com a marca de 18 combates. Até o momento, a brasileira soma 11 triunfos, cinco reveses e um empate.

Leia o texto de ‘Pitbull’ na íntegra

“Só um lutador sabe a hora de parar e seguir outros rumos… só um lutador e aliados sabem as verdades e as mentiras da mídia. Sim! Está será minha última luta e não poderia ser em outro evento, somente e unicamente no UFC.
Muitas inverdades foram ditas, mas não me abalei!! pois sou bem resolvida e sei da minha história, tenho personalidade forte e ousada que marcou minha carreira e fortaleceu o MMA feminino com rivalidades. Fica meu legado de uma lutadora com ousadia, postura, apresentação e comemoração de forma única no mundo da luta. Personalidade que desperta a curiosidade em muitos. Não é atoa que surgiu o #betheeffect amada e odiada, e no final todos queriam assistir minhas lutas. Consegui recorde de PPV que na época, por anos nenhum atingia, lutei com melhores e sempre gerava notícias. Sei que deixei minha marca e agora é hora da nova geração vim… e sei que deixei lições boas e ruins. Minha última luta será na melhor do mundo, onde sonhei e busquei lutar. Em dezembro estarei no octógono do UFC. E vou curtir cada momento e sei que sentirei falta! Sou grata ao UFC pelo reconhecimento da minha carreira e história, nunca me negaram um pedido”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Só um lutador sabe a hora de parar e seguir outros rumos… só um lutador e aliados sabem as verdades e as mentiras da mídia. Sim! Está será minha última luta e não poderia ser em outro evento, somente e unicamente no @ufc. Muitas inverdades foram ditas, mas não me abalei!! pois sou bem resolvida e sei da minha história, tenho personalidade forte e ousada que marcou minha carreira e fortaleceu o Mma feminino com rivalidades. Fica meu legado de uma lutadora com ousadia, postura, apresentação e comemoração de forma única no mundo da luta. Personalidade que desperta a curiosidade em muitos. Não é atoa que surgiu o #betheeffect amada e odiada, e no final todos queriam assistir minhas lutas. Consegui recorde de ppv que na época, por anos nenhum atingia, lutei com melhores e sempre gerava notícias. Sei que deixei minha marca e agora é hora da nova geração vim… e sei que deixei lições boas e ruins. Minha última luta será na melhor do mundo, onde sonhei e busquei lutar. Em dezembro estarei no octógono do UFC. E vou curtir cada momento e sei que sentirei falta! Sou grata ao ufc pelo reconhecimento da minha carreira e história, nunca me negaram um pedido. #parasempreufc #parasempremmafeminino #teamcorreia #mma #ufc Gratidão a @wallidjfc @edelsonboxe @suzanacorreianeves por sempre lutar por mim

Uma publicação compartilhada por Bethe (@bethecorreia) em

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments