Rafael Cordeiro relata experiência com Mike Tyson: ‘Aprendi mais do que ensinei’

Renomado treinador de MMA agradeceu pela lenda do boxe apostar nele em sua preparação para o retorno ao esporte

R. Cordeiro agradece parceria com M. Tyson. Foto: Reprodução/Instagram @kingsmma_hb

Os fãs de MMA sabem muito bem da importância que Rafael Cordeiro teve na carreira de muitos lutadores. Ele foi um dos principais fatores que transformaram Anderson Silva, Wanderlei Silva, Maurício ‘Shogun’, Lyoto Machida, Fabrício Werdum, Rafael dos Anjos, entre outros, em lendas do esporte.

Veja Também

Em vídeo, Borrachinha provoca Adesanya: ‘Corra pela sua vida, Runnersanya’
Michel Pereira detona lutadores do UFC e revela sua inspiração para ser um ‘showman’
Lutador do UFC revela ter sofrido abuso sexual na infância

No entanto, o brasileiro, de carreira consolidada, foi surpreendido por um convite de Mike Tyson para treiná-lo em seu retorno ao boxe, contra Roy Jones Jr no dia 28 de novembro. Ao site norte-americano MMA Junkie, Rafael contou sobre a experiência única, não escondeu ser fã de ‘Iron Mike’ e revelou que aprendeu mais do que ensinou.

“Meu coração estava tipo ‘meu Senhor!’. Quando segurei as mãos de Mike Tyson, não sabia o que esperar por vários motivos. Eu estava lá e então ele disse ‘vamos começar’. Preparei suas mãos e foi ótimo ver a técnica em seu estado puro. Tudo que vimos na televisão, eu tive a oportunidade de ver na minha frente. Foi ótimo ver um dos melhores de todos os tempos mostrando suas habilidades na minha frente. Aprendi muito. Trabalhamos cinco meses juntos e posso dizer que o tempo todo que estive com Tyson, aprendi mais do que ensinei”, disse Rafael.

O brasileiro se mostrou grato pela oportunidade e tentou definir a lenda do boxe.

“Tyson é a história da luta. Quando ele fala sobre lutas, fala com o coração. Ele vive para as lutas”, finalizou.

Aos 54 anos, Mike Tyson surpreendeu o mundo das lutas ao anunciar seu retorno ao boxe e ainda mais ao mostrar que, mesmo com a idade avançada, segue rápido e poderoso. A última luta do ex-campeão do peso pesado foi realizada em 2005. Por sua vez, Rafael Cordeiro, ex-membro da tradicional academia Chute Boxe e atual líder da Kings MMA, concorreu três vezes ao Oscar do MMA como melhor treinador e ganhou o prêmio em duas oportunidades (2012 e 2016).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments