Em atrito com o UFC, presidente do Bellator volta a afirmar que possui os melhores meio-pesados do MMA

Scott Coker segue enaltecendo a qualidade da sua categoria e defendeu seus atletas

S. Coker responde D. White. Foto: Reprodução/Instagram

Apesar de ser um esporte, relativamente, novo, o MMA possui rivalidades marcantes e uma que ganha cada vez mais força é a que existe entre UFC e Bellator. É sabido que as duas maiores organizações são concorrentes, porém a relação sempre foi boa ou, pelo menos, era. E o atrito entres as partes aconteceu por iniciativa de seus, respectivos, presidentes.

Em agosto, Scott Coker afirmou que o Bellator possui a melhor divisão dos meio-pesados (93kg) do MMA e o fato irritou Dana White. O mandatário do UFC riu ao saber do posicionamento, chegou a dizer que essa foi a coisa mais estúpida que já ouviu e que os lutadores que se destacam por lá, não interessavam ao UFC. Após a realização das edições de número 245 e 246, nos dias 11 e 12 de setembro, Coker, novamente, tocou no assunto.

Veja Também

Donald Cerrone promete se divertir contra Niko Price neste sábado: ‘É o meu plano’
Conor McGregor se defende de acusações e nega rumor sobre suicídio: ‘Nunca vou me matar’
Treinador de Borrachinha reforça desejo de brasileiro em enfrentar Jon Jones: ‘Pode fugir, mas não se esconder’

“O Bellator tem a melhor divisão dos meio-pesados do planeta, sem dúvida. Temos Davis, Lyoto, Nemkov. Acho que Mousasi lutará também. Ele me disse que deseja mudar de categoria. Essa divisão é forte e repleta de bons lutadores”, garantiu Coker.

Ao lembrar do menosprezo de Dana, Coker o acusou de mentir e defendeu seus atletas.

“Bader, Davis e qualquer um dos atletas que saíram do UFC, chegaram aqui por conta própria. Eles não foram expulsos. Isso é mentira! A verdade é que eles eram agentes livres, queriam ser valorizados e o Bellator ofereceu contratos melhores. Esses atletas são orgulhosos. Eles têm alto nível e não lutam para se divertir apenas. Se a proposta do Bellator for melhor, por que não vir para cá? Se a do UFC for melhor, é só ficar lá. Quanto a ser expulso, isso é uma mentira”, finalizou.

Esse é mais um capítulo recente da guerra entre as companhias e a tendência é que não pare por aí. Ambas disputam a contratação do astro, Brock Lesnar, ex-campeão do peso pesado (120,2kg), o UFC deseja contratar Michael Chandler, ex-campeão do peso leve (70,3kg) e ícone do Bellator, e o mesmo Bellator tirou Corey Anderson, top-5 do peso meio-pesado (93kg), que ainda tinha contrato com o UFC.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments