Treinador de Borrachinha reforça desejo de brasileiro em enfrentar Jon Jones: ‘Pode fugir, mas não se esconder’

Eric Albarracin admite que foco do mineiro é o confronto contra Israel Adesanya, mas não nega que o pupilo almeje conquistas em outras divisões

E. Albarracin (esq.) afirma que P. Borrachinha (centro) tentará luta contra J. Jones. Foto: Reprodução/Instagram

Um dos principais treinadores de Paulo Borrachinha, Eric Albarracin surpreendeu ao falar dos planos do pupilo para o futuro. Mesmo focado na disputa de cinturão dos médios (até 83,9kg.) contra Israel Adesanya, que acontece no próximo dia 26, pelo UFC 253, o técnido admitiu que o brasileiro irá atrás de uma superluta contra Jon Jones.

Veja Também

Conor McGregor se defende de acusações e nega rumor sobre suicídio: ‘Nunca vou me matar’
Daniel Cormier confirma ter contraído Covid-19 durante preparação para luta contra Stipe Miocic
Polêmico como sempre, Covington provoca Woodley, Usman, Masvidal e até Durinho antes do UFC Las Vegas 11
Vídeo: Em treino, Mike Tyson atinge técnico brasileiro com bomba de direita no rosto

“Eu diria que nosso foco principal é ir atrás de Israel Adesanya e conquistar aquele cinturão. Em 26 de setembro, Paulo Costa (Borrachinha) vai apagar Israel Adesanya. Aí, não fiquem surpresos se formos atrás do cinturão dos meio-pesados (até 93kg.). Jon Jones pode correr, mas não pode se esconder”, disse Albarracin, em entrevista à ‘ESPN’.

Recentemente, Jones, que é considero o melhor meio-pesado de todos os tempos, oficializou sua migração para a categoria até 120kg. Ao abrir mão do posto de campeão do grupo até 93kg., ‘Bones’ tentará algo inédito em sua trajetória no Ultimate, que é conquistar um título em uma divisão diferente.

No ano passado, houve rumores de que o atual campeão dos médios, Adesanya, poderia fazer uma superluta contra Jones. Os dois chegaram a trocar farpas nas redes sociais, mas o confronto nunca chegou a ser negociado.

Agora, caso supere o nigeriano, Borrachinha poderá assumir o papel do rival e ir atrás de Jones. Ainda não se sabe, no entanto, se o mineiro estará disposto a subir para os pesados ou desafiará o norte-americano para um confronto até 93kg.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments