Woodley quer humilhar Covington neste sábado e garante não cumprimentar rival após a luta | SUPER LUTAS

Woodley quer humilhar Covington neste sábado e garante não cumprimentar rival após a luta

Protagonista do UFC Las Vegas 11, ex-campeão promete vitória marcante e reforça rivalidade com compatriota

T. Woodley em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Na intenção de se recuperar de dois resultados negativos em sequência, Tyron Woodley não tem outra alternativa a não ser vencer Colby Covington na luta principal do UFC Las Vegas 11, que acontece neste sábado (19). Focado no triunfo, o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.), no entanto, não quer um triunfo simples, mas, sim, humilhar o rival diante das câmeras.

Veja Também

“Eu definitivamente vou socar a cara do Colby. Socá-lo, chutá-lo, dar joelhada, cotovelada, nocauteá-lo ou finalizá-lo, depois vou acordá-lo e nocautear de novo. Em seguida, vou varrê-lo para baixo do tapete e deixar o octógono sem cumprimentá-lo”, disse o ex-campeão, em entrevista ao ‘TMZ’.

Desafeto confesso do falastrão, Woodley fez questão de reforçar a rivalidade com o antigo campeão interino. Para Tyron, o desafio ultrapassa os limites do octógono e ganha cunho pessoal.

Eu odeio até dizer o nome dele, porque ele não merece estar no nosso show. Ele vai ser socado”, cravou.

Além da desavença explícita e a possibilidade de satisfazer os inúmeros desafetos de Colby ao redor do mundo, Woodley terá a oportunidade de se credenciar a uma futura disputa de cinturão, caso tenha uma performance convincente.

Atualmente, Tyron figura na 5ª colocação no grupo liderado por Kamaru Usman, enquanto Covington segue como o número dois.

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments